CSA e ASA empatam no primeiro clássico semifinal do Campeonato Alagoano

Um primeiro tempo muito movimentado, com direito a um gol para cada lado e uma segunda etapa morna. Assim foi o clássico entre CSA e ASA, na noite desta quarta-feira (19) no Estádio Rei Pelé, que terminou empatado em 1 a 1, no primeiro jogo se semifinal do Campeonato Alagoano.

Com o resultado, o ASA terá a vantagem no segundo jogo, tendo em vista que tem a melhor campanha e por isso joga por resultados iguais. Ao CSA, resta vencer no próximo domingo no Municipal de Arapiraca.

O JOGO – 1º TEMPO

Bola rolando no Rei Pelé, a torcida do CSA ainda chegava quando o time marujo abriu o marcador. No primeiro minuto de jogo, Celsinho levantou bola na área, a defesa do ASA não cortou e a bola sobrou para Thales mandar para o fundo do gol. CSA 1 x 0 ASA.

Foto: Alisson Frazão/Ascom-CSA

Foto: Alisson Frazão/Ascom-CSA

A euforia tomou conta dos torcedores e jogadores depois de um início tão positivo. Mas, o que se viu nos minutos seguintes foi equilíbrio. O ASA tentou e conseguiu equilibrar as ações, tocava a bola, mas por outro lado, teria de correr atrás do prejuízo.

O ASA suportava os ataques do CSA e partia para o ataque e em determinados momentos deixava brechas. Em duas delas o time azulino quase marca. Na primeira, Vanger fez boa jogada e bateu para boa defesa do goleiro Luis Cetin. Na segunda, nova bola de Celsinho na área, Thales desviou e Douglas salvou em cima da linha.

O primeiro tempo mostrava o CSA melhor e na frente do placar. Mas, aos 40 minutos, na primeira única chegada mais clara, o ASA empatou. Juninho foi lançado, matou e bateu de primeira, mandando sem chances para o goleiro Mota. Um golaço no “Trapichão”.

Depois do gol de empate do ASA, pouco aconteceu e o primeiro tempo foi encerrado com o placar de 1 a 1 no Rei Pelé.

2º – TEMPO

Na volta para o segundo tempo, os dois times vieram mais seguros, sem permitir ataques. As tentativas teriam de ser de fora da área e na bola parada. O ASA assustou primeiro em cobrança de falta de Eron, bem defendida pelo goleiro Mota.

O CSA não demorou muito para responder. Volante de marcação, mas sempre presente no ataque, Everton Heleno fez uma rápida jogada na qual recebeu, dominou e chutou, para grande defesa do arqueiro Luis Cetin.

Foto: Alisson Frazão/Ascom-CSA

Foto: Alisson Frazão/Ascom-CSA

Passados 20 minutos o ritmo do jogo caiu. Oliveira Canindé do lado azulino e Maurílio Silva do lado alvinegro, resolveram mudar algumas peças e o jogo demorou a retomar os ataques, assim como na primeira etapa.

Nos últimos minutos de jogo, CSA e ASA se arriscaram no ataque através das bolas paradas. Porém, pouco aconteceu e as duas equipes empataram em 1 a 1 no primeiro duelo semifinal do Campeonato Alagoano.

 

 

Deixe o seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.Os campos marcados são obrigatórios *

*

Voltar ao topo