Náutico x Bahia “volta” para a Arena Pernambuco

O jogo entre Náutico e Bahia, válido pela 37ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, será disputado na Arena Pernambuco, no próximo sábado (21), às 17h30 (de Brasília). A partida, previamente marcada para este local, foi transferida para o Estádio do Arruda por divergências entre a direção do Náutico e a da Arena, não será mais realizada no estádio do Santa Cruz.
Por questões de segurança pública, a CBF atendeu ao pedido da Federação Pernambucana de Futebol e o confronto será na Arena Pernambuco.

Brasil x Peru pode decidir permanência de Dunga

Sob rumores de que o técnico Dunga pode ser demitido e não iniciar 2016 dirigindo a seleção brasileira, o Brasil encerra nesta terça-feira às 21h (horário em Alagoas) a sua participação na primeira fase das eliminatórias sul-americanas para a Copa do Mundo.
Será o último jogo do ano e o Brasil necessita de vitória em Salvador sobre o Peru para melhorar a sua posição na classificação por pontos ganhos e sinalizar para um possível acerto do trabalho de Dunga até agora.
Contra o técnico pesam o insucesso na última Copa América e as más apresentações, menos até que os resultados, nos três jogos disputados até agora valendo pela eliminatória. Sinal de que não será preciso apenas vencer bem, mas vencer com o convencimento de uma boa apresentação.
O Brasil está em quarto e o Peru em sétimo, mas a diferença entre os dois é de apenas um ponto. O Brasil terá mudança na defesa, com a ausência forçada de David Luiz que tem sua presença questionada no meio da zaga, e ainda tem dúvida na escalação do ataque.

Necessidade de vitória e defesa da liderança

O Brasil só enfrenta o Peru às 21h (horário de Alagoas), mas dois jogos que serão realizados antes atrairão a atenção dos brasileiros.
Às 17h30, haverá o confronto entre as seleções da Colômbia e da Argentina, ambos atrás do Brasil na classificação geral, mas os “hermanos” super necessitados da vitória que ainda não conquistaram nas três rodadas anteriores.
Depois, às 18h, será realizado o jogo entre as seleções que ocupam os dois extremos na classificação, a Venezuela, última colocada e única sem pontos até agora, e o Equador, surpreendentemente líder com nove pontos, 100% de aproveitamento.
Paraguai x Bolívia e Uruguai x Chile estão marcados para 20h, destaque para os chilenos, que ocupam a vice-liderança, e os uruguaios, por enquanto em terceiro lugar, ambos também à frente do Brasil.

CSA adapta seus planos a realidade que se impõe

A nova direção do CSA tem tido todo o cuidado na montagem do elenco para 2016. Mantém sigilo absoluto quanto aos nomes, embora os escolha com muito critério e pretende, com eles, atrair a atenção da torcida em determinado momento, se possível auferindo alguma vantagem financeira para fazer face aos custos da empreitada.
Entretanto, isto tem provocado uma mudança de datas que torna ainda mais inquieto o torcedor azulino.
Em princípio, a “festa” de apresentação, incluindo um nome de destaque, aconteceria no dia 15 de novembro, o domingo que já passou.
Mais recentemente, foi informada a data do dia 21 deste mês, o próximo sábado, para que todo o grupo estivesse em uma solenidade no Mutange.
Agora, para este dia estão reservados apenas alguns poucos nomes, tudo indicando que até lá haverá uma nova mudança, porque já está previsto para o dia 27 um treinamento de portões fechados, com a vendagem de ingressos, desta feita com o maior número possível de jogadores contratados.
Temo que isto, por enquanto, não seja possível assegurar, porque foi dito, por mais de uma vez, que alguns dos novos atletas do CSA, só poderiam se apresentar depois da disputa da Série B, que terá a sua última rodada no dia 28.
Perfeitamente compreensível a ansiedade do torcedor – e certamente também da diretoria -, mas é preciso trabalhar dentro do que a realidade impõe, sem precipitações, para que a coisa funcione da melhor forma possível.

CT Ninho do Galo instala nova realidade no CRB

A confirmação da data de 24 de dezembro para a inauguração e entrega do CT Ninho do Galo representa um marco na história do CRB.
Para se livrar de dívidas acumuladas ao longo de muitos anos e sob risco de perder o patrimônio que ainda lhe restava, o clube teve que se desfazer do Estádio Severiano Gomes Filho, onde foi construída toda a sua história e que marcou a sua identificação como o Galo da Paria da Pajuçara.
O novo patrimônio, mostrado nesta segunda feira em detalhes pelo emocionado presidente Marcos Barbosa, terá um custo de manutenção muito mais alto – a direção diz que já tem como assumi-los -, mas significará a possibilidade de crescimento para o clube por tudo o que vai ofertar para o seu futebol.
Uma nova realidade será instalada a partir do próximo ano, mudando completamente a logística dos que trabalham no CRB em todos os seus setores e daqueles que de uma ou outra forma precisam frequentá-lo quase que diariamente.
Obstáculos que certamente serão transpostos por todos.
O desejo é que os novos ares sejam condignamente mantidos por esta e pelas direções futuras do clube.
O futebol precisa disso.

Ipanema, Santa Cruz e Sete de Setembro vencem

A 1ª rodada da Copa Rainha Marta de Futebol Feminino 2015 foi finalizada neste domingo, com o empate entre CSA e União Desportiva por 2 a 2, no Estádio Gustavo Paiva, no Mutange. No sábado, três jogos marcaram o início da competição. Em Maceió, o Sete de Setembro goleou o Dimensão Saúde por 6 a 2 no Estádio João Batista.
O mesmo placar foi registrado em Arapiraca, no Estádio Municipal Coaracy da Mata Fonseca. O Ipanema não tomou conhecimento do Coruripe e fez 6 a 2, com destaque para a jogadora Bárbara, que marcou quatro gols para o time do sertão. Na primeira partida o Santa Cruz venceu o ASA por WO.
A competição volta no próximo fim de semana. No sábado, dia 21, acontecem os jogos do Grupo do interior no Estádio Municipal Coaracy da Mata Fonseca. Às 14h, jogam Ipanema e Santa Cruz, e às 16h se enfrentam ASA e Coruripe.
No domingo, dia 22, o Grupo da capital entra em ação. No Estádio João Batista no Tabuleiro do Martins, o Sete de Setembro recebe o CSA, a partir das 15h. No mesmo horário, o União Desportiva encara o Dimensão Saúde com local a ser definido.
(Por FAF)

Alagoana faz gol contra seleção principal feminina

A Seleção Brasileira Feminina Sub-20 empatou em 1 a 1 com a Seleção Brasileira Feminina Principal, em jogo-treino realizado na manhã deste domingo (15), no Itu Spa Sports, no interior de São Paulo, onde as duas delegações estão concentradas. Os gols só saíram no segundo tempo. Geyse abriu o placar para a Sub-20 e Gabi Zanotti empatou. A atividade faz parte da reta final de preparação para o Sul-Americano Sub-20, que começa no próximo dia 18, em Santos.
O treinamento foi bem movimentado. A Seleção Principal dominou o meio de campo no primeiro tempo e chegou ao ataque com perigo algumas vezes, principalmente nas bolas aéreas. Mas a defesa da Sub-20 conseguiu segurar a pressão. No ataque, o time do técnico Doriva Bueno apostava nas infiltrações das atacantes Jennifer e Annaysa.
O segundo tempo começou com a Principal em cima e atacando com facilidade. Gabi Zanotti, Travalão e Raquel deram trabalho para as defensoras. Doriva mexeu no ataque. Entraram Kélen e Geyse. A alteração deu resultado e, em contra-ataque, Geyse marcou um golaço após série de dribles na zaga adversária.
A partir daí, só deu a Principal. Mas apesar de todo o esforço e boas jogadas de ataque, a equipe comandada por Vadão só conseguiu o empate. Oportunista, Gabi Zanotti aproveitou bola enfiada por entre a zaga e saiu de cara com a goleira Carla. Gabi driblou e mandou para a rede. E o jogo terminou 1 a 1. O técnico Doriva Bueno aprovou a postura de suas atletas durante o confronto:
– Fiquei muito feliz porque elas trabalharam no jogo os conceitos de organização e posicionamento que nós treinamos. Elas jogaram contra uma equipe muito forte. É uma alegria ver que temos condições de fazer um bom Sul-Americano – disse o treinador.
O jogo-treino foi acompanhado pelo Coordenador de Futebol Feminino da CBF, Marco Aurélio Cunha.
Seleção Sub-20: Carla, Bruna Calderan, Bruna (Rafaela), Káren, Yasmim; Julia e Nicoly; Marjorie, Annaysa, Jennifer (Kélen) e Katrine (Geyse). Técnico: Doriva Bueno.
Seleção Principal: Bárbara, Poliana, Mônica, Géssica, Rilany; Thaísa e Rafaelle; Raquel, Nenê, Gabi Zanotti e Travalão. Técnico: Vadão.
Brasil estreia contra a Venezuela
O Brasil estreia no Sul-Americano Sub-20 contra a Venezuela, quinta-feira (19), às 19h10. No grupo da Seleção ainda estão Paraguai, Chile e Peru. A competição garante duas vagas para o Mundial da Fifa da categoria, que será disputado em 2016, sem local e data definidos.
(Site CBF)

Bota-SP é o primeiro campeão brasileiro de 2016

O Botafogo-SP é o mais novo campeão da Série D do Campeonato Brasileiro! Neste sábado (14), no Alberto Silva, em Teresina (PI), o Pantera segurou o 0 a 0 com o River-PI e conquistou o título nacional – na ida, o clube paulista venceu por 3 a 2. Para assegurar o troféu, o time comandado pelo técnico Marcelo Veiga contou com uma grande atuação do goleiro Neneca e teve que jogar com um homem a menos desde os 10 minutos do segundo tempo, quando teve César Gaúcho expulso.
Vice-campeão, o River já havia garantido o acesso à Série C com a classificação para as semifinais. Além das duas equipes, Ypiranga-RS e Remo também disputarão o Brasileirão da Série C em 2016.
O título é o primeiro a nível nacional do Botafogo, que disputou a Série A do Campeonato Brasileiro em 1999. Fundado em 1918, o clube foi vice-campeão da Série B em 1998 e vice-campeão da Série C em 1996. Em 2001, o Botafogo-SP foi vice-campeão paulista após perder para o Corinthians na final. A grande conquista do Pantera veio em 2010, quando o time se sagrou campeão do interior paulista.
Quase centenário, o clube revelou jogadores de grande destaque no futebol brasileiro, como os irmãos Sócrates e Raí.
Na primeira fase da Série D deste ano, o Botafogo-SP classificou-se graças ao saldo de gols. Após três vitórias, quatro empates e uma derrota, o clube deixou o Gama para trás no critério de desempate e classificou-se para as oitavas de final, quando derrotou o Crac-GO.
Nas quartas de final, o Pantera teve pela frente o São Caetano, uma das sensações do campeonato até então. Em Ribeirão Preto, a equipe venceu por 2 a 1 com a força de sua torcida. Um empate por 0 a 0 no Anacleto Campanella foi o suficiente para a classificação do Botafogo.
Nas semifinais, nova pedreira. O Botafogo desbancou o Remo com uma vitória dentro de casa por 1 a 0 e novo empate por 0 a 0 longe de seus domínios. A primeira partida da decisão foi vencida pelo Fogo por 3 a 2 em Ribeirão Preto.
(Site CBF)

Santa Cruz e concorrentes deixam G4 quase definido

Em sua caminhada para o acesso à Série A, o Santa Cruz deu mais um passo decisivo no sábado, durante a 36ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Depois de derrotar o Bahia, em Salvador durante a semana, o time pernambucano goleou o Botafogo, no Rio de Janeiro, por 3 a 0. Além disso, foi bastante beneficiado pelos resultados dos demais concorrentes à uma vaga no G4: O Bahia perdeu outra vez, o Náutico empatou e o Sampaio Corrêa também foi derrotado. Somente Bragantino e Paysandu venceram os seus jogos na 36ª rodada.
Agora, faltando apenas duas partidas para cada equipe até o final do Campeonato, o Botafogo já classificado segue líder, com 68 pontos; América Mineiro e Vitória, ambos com 63, só dependem de mais um empate para assegurarem a classificação. O Santa Cruz só precisa de mais uma vitória, porque é o quarto com 61 pontos, quatro acima de Bragantino, Náutico e Sampaio Corrêa, que estão com 57. Paysandu (56) e Bahia (55) agora só sonham.
Em relação ao quarto rebaixado, a disputa voltou a esquentar com a vitória do Macaé sobre o Atlético Goianiense por 4 a 3, em Goiânia, e a derrota do Ceará para o Vitória por 1 a 0, em Salvador.
O Ceará, com 41 pontos, voltou para a zona de rebaixamento; o Macaé tem 42 e Oeste e Atlético Goianiense, agora também ameaçados, estão com 43.
Resultados da 36ª rodada: Paysandu 3 x 2 Luverdense, ABC 3 x 1 Mogi Mirim, Oeste 1 x 1 Criciúma, Vitória 1 x 0 Ceará, Botafogo 0 x 3 Santa Cruz, Bragantino 3 x 0 Sampaio Corrêa, Boa Esporte 3 x 0 Bahia, Náutico 1 x 1 CRB, Paraná 1 x 0 América-MG e Atlético-GO 3 x 4 Macaé.

Aplicação tática e determinação no empate em Recife

Sem peças importantes de sua formação titular, o CRB fez valer a aplicação tática e a determinação dos seus jogadores para impedir as ações ofensivas do Náutico e aproveitar de formam inteligente os espaços deixados pelo adversário para criar algumas boas opções de gol.
Assim foi o empate por 1 a 1 entre Náutico e CRB, sábado em Recife, resultado que deixou o Náutico em grandes dificuldades para ainda chegar ao G4 e permitiu ao CRB chegar mais próximo de sua meta de atingir o maior número de pontos ganhos desde que a Série B passou a ser disputada por pontos corridos.
Foi num rebote errado da defesa pernambucana que Pery acertou um belo chute de fora da área, abrindo o placar para o CRB. Entretanto, o Náutico empatou em bola aérea depois da cobrança de um escanteio e o empate por 1 a 1 fez justiça ao primeiro tempo das duas equipes.
No segundo, o Náutico começou melhor, exerceu alguma pressão, mas esbarrou na sólida marcação do Galo. Com o passar do tempo, o time pernambucano, necessitando da vitória, passou a ficar descontrolado e disso se aproveitou o CRB, que só não venceu o jogo por conta da ótima atuação do goleiro Júlio César.

Copa do Nordeste Sub-20 tem grupos definidos

A Federação Alagoana de Futebol recebeu nesta sexta-feira, da Confederação Brasileira de Futebol, a informação sobre a distribuição dos grupos da Copa do Nordeste Sub-20, que acontecerá em cinco municípios de Alagoas.
O Grupo A, com sede em Maceió, terá CRB, Bahia, Campinense e Ceará;
no Grupo B, com jogos em Arapiraca, estarão Boca Júnior, Serrano, Sport e Icasa;
em Coruripe, será disputado o Grupo C, com jogos entre Coruripe, América, Confiança e Vitória;
o Grupo D terá ABC, Fortaleza, Botafogo e Náutico jogando em Boca da Mata;
e no Grupo E, com sede em São Miguel dos Campos, estarão Globo, Salgueiro, Santa Cruz e Treze.
A CBF informou que as presenças de Treze e Icasa ainda dependem de confirmação.

Campeão da Série D será conhecido neste sábado

A cidade de Teresina recebe, neste sábado, a decisão do Campeonato Brasileiro da Série D. No Estádio Alberto Silva, na capital piauiense, River e Botafogo-SP decidirão o título do campeonato às 19h30 (de Brasília). Na partida de ida, o clube paulista derrotou o River por 3 a 2, e pode até empatar para garantir o título.
O Botafogo passou por diversos desafios ao longo do campeonato. Desbancou, rumo à final da Série D, equipes como o São Caetano e o Remo. Em toda a fase de mata-mata, foi derrotada apenas uma vez, para o Crac-GO, nas oitavas de final. O River não fica para trás. Contra Estanciano-ES, Lajeadense-RS e Ypiranga-RS, o Galo acumulou quatro vitórias, um empate e uma derrota. Precisando reverter um resultado adverso, o River já esteve em situação semelhante neste campeonato, quando perdeu para o Estanciano por 2 a 1 na partida de ida. Em casa, porém, aplicou uma goleada por 3 a 0 e saiu com a vaga para as quartas de final.

Por meta, CRB tenta atrapalhar planos do Náutico

A derrota do Luverdense para o Paysandu abriu para o CRB a possibilidade de, na 36ª rodada do Campeonato Brasileiro, passar a ocupar uma posição na primeira página na classificação da Série B. Isto acontecerá em caso de vitória sobre o Náutico, no jogo marcado para começar às 16h30, na Arena Pernambuco, e reforçará o propósito do time alagoano igualar ou superar a sua maior marca nesta competição por pontos corridos, meta que passou a ser perseguida depois do fim do sonho de chegar ao G4.
Mas, para alcançar o seu objetivo, o CRB terá que superar difíceis obstáculos. O primeiro é o forte adversário, um time que está na disputa por uma vaga entre os ocupantes do G4; o segundo é a adversidade do distanciamento de sua torcida, devendo encontrar um público maciço torcendo pelo Náutico; e o terceiro a própria formação da equipe, sem o zagueiro Gabriel, os meias Danilo Bueno e Gérson Magrão e, principalmente, o atacante artilheiro Zé Carlos.
Ficando também sem o atacante referência reserva, Isac, o técnico Mazola decidiu alterar a sua formação tática, povoando o meio de campo com homens de marcação (no mínimo três deles são volantes de origem: Josa, Olívio e Glaydson Almeida), um volante-meia Brasília, um meia Cañete e só um atacante Maxwell.
De qualquer forma, dificuldades existem para ser superadas. Este é o desafio do CRB.

Scroll To Top