Foto: RCortez/CSA 20fbeeb3 c1a9 4617 a6b2 dfec7f801a4d Torcida do CSA no Rei Pelé

Antes do duelo desta segunda-feira (18),  o técnico estreante do CSA, Flávio Araújo, afirmou que só tinha dois objetivos: Manter a invencibilidade empatando ou vencendo o Tombense. A meta foi cumprida com sucesso e o time alagoano venceu fora de casa por 2 a 0 e ficou muito perto de passar para a próxima fase da Série C e consequentemente garantir o acesso a Série B em 2018.

CSA e Tombense voltam a se enfrentar na próxima segunda-feira, dessa vez no Estádio Rei Pelé. A equipe alagoana joga pelo empate e pode até perder por um gol de diferença e estará classificado.

O JOGO

Desde o começo do jogo o CSA mostrou uma estratégia que não era apenas se defender. O time marujo observou, estudou e jogou de igual para igual e em muitos momentos foi superior ao Tombense.

O primeiro gol veio na reta final do primeiro tempo. Aos 44 minutos, Marcos Antônio cobrou escanteio no “primeiro pau” e o atacante Michel Douglas, subiu para desviar de cabeça e abrir o placar no “Almeidão”.

Festa da torcida azulina que compareceu em bom número ao estádio na cidade de Tombos. Intervalo de festa azulo de um lado e silêncio da torcida do Tombense do outro.

Na volta para a segunda etapa, o CSA seguiu administrando bem a partida. Desde os primeiros minutos o time marujo cadenciou o toque de bola e explorava as brechas deixadas pelo Tombense.

O time da casa por sinal, mesmo de forma desorganizada, tentou pressionar o CSA, mas além de não ter sucesso, sofreu outro gol. Aos 46 minutos, Daniel Costa rolou para Boquita na entrada da área, que bateu forte e rasteiro, acertando o canto esquerdo do goleiro Darley.

Aos 48 minutos, jogo encerrado e grande vitória do CSA diante do Tombense, que coloca o time azulino muito próximo de passar de fase na Série C e consequentemente garantir o acesso para a Série B em 2018.