Thiago Davino - Minuto Esportes E2cbd619 13b3 4996 bcbc 19bf2b14c308 CSA

Pode comemorar, torcedor azulino. Após 25 anos, o CSA garante a volta a série B depois de vencer o Tomense-MG por 1x0 nesta segunda-feira, 25, no estádio Rei Pelé, em Maceió. Marujo não disputava a segunda divisão desde 1992.

Não bastou ter vencido o primeiro jogo fora de casa por 2 a 0, o azulão fez mais um resultado positivo contra o time mineiro com o gol de Edinho, na presença dos mais de 17 mil torcedores em jogo de volta válido pela quartas-de-final da série C.

O jogo

A primeira parte do primeiro tempo foi bastante truncada com faltas e poucas chances de gol. A única ocorreu aos 7 minutos, quando o CSA trocou passes no ataque e Marcos Antônio chutou forte para fora.

Aos 14 minutos houve um lance duvidoso: Michel Douglas fez bela jogada pela esquerda, puxou para a pequena área e sofreu um tranco por trás pelo zagueiro da Tombense, mas o árbitro Péricles Bassols mandou o jogo seguir.

O gol veio logo depois, aos 16, quando o lateral Raul Diogo corta o zagueiro na linha de fundo e cruza certeiro para o atacante Edinho abrir o placar.

 

Torcida vibra com o gol de Edinho no primeiro tempo (Foto: Thiago Davino)

 

O segundo tempo foi bastante morno. As duas equipes começaram a ficar mais com a bola sem objetividade, apesar do CSA chegar com mais perigo ao gol.

O lance mais perigoso ocorreu aos 33 minutos. Michel Douglas recebeu na pequena área, chutou e a bola passou no canto esquerdo rente a trave do goleiro Danrley.

O auxiliar do Tombense foi expulso quando o relógio marcava 39 minutos da segunda etapa. Ele reclamou com o árbitro Péricles Bassols que não deu amarelo ao meia Boquita, que já tinha recebido um no primeiro tempo.

O árbitro apitou o fim do jogo aos 48 do segundo tempo, decretando a subida do time marujo a série B de 2018.

Rumo ao título

Agora o CSA vai enfrentar o São Bento na semi-final em busca do título da série C.

*Colaborador