9179110f c6c7 47fe 8b55 c043f9beda23

O ex-jogador Juninho Pernambucano se envolveu em uma polêmica nas redes sociais, na manhã desta terça-feira, com seguidores do deputado federal Jair Bolsonaro, do Partido Ecológico Nacional (PEN). O ex-meia de Vasco fez críticas aos eleitores do político e pediu que simpatizantes de Bolsonaro parem de seguí-lo na rede social.

"Por favor não me sigam. Não quero quantidade de seguidores e sim qualidade humana e caráter deles", escreveu o ex-atleta na rede social. "Só pra esclarecer, tô tuitando sem sono 33 mil pés. Assumo tudo que disse e peço, vaza bolsominions. Te respeito fora de meu Twitter! Apenas", continuou o atual comentarista da TV Globo.

O tuíte de Juninho gerou uma grande repercussão. Muitos seguidores dele aplaudiram a atitude, mas outros o acusaram de preconceito.

O filho do Jair Bolsonaro, o deputado estadual Flavio, resolveu entrar na discussão e bateu boca com Pernambucano na mesma rede social. O político se disse decepcionado com a postura do ex-meia.

"Como vascaíno, minha decepção com o @Juninhope08 não é com a sua preferência política, mas por pré-julgar, sem conhecer, com base em mentiras", escreveu o político.

Juninho Pernambucano respondeu:

"Sou filho de militar, patente baixa, aquele sempre humilhado entende! Igualdade moral para mim é tudo. Linha de largada igual. Depois mérito! Abraço", escreveu o ex-jogador.

Depois, em resposta a um comentário de Flavio, Juninho esclareceu: "Não escolhi lado, só ñ gosto de preconceituosos! Isso atinge a vida do outro, ñ é direito d ninguém!"