1063ca60 ecc6 4785 9c3f 0caf93dc5a7a Levir conseguiu somar seis pontos nas últimas duas rodadas, enquanto rival estagnou (Foto: Ivan Storti)

Depois de ser eliminado da Libertadores, o Santos conseguiu dar a volta por cima e agora está um pouco mais perto do Corinthians na tabela do Campeonato Brasileiro. Após a derrota para o Barcelona (EQU), o Peixe venceu Atlético-PR e Palmeiras, enquanto o líder empatou com São Paulo e Cruzeiro. A distância caiu de 12 para oito pontos faltando 12 jogos para o fim da competição. 

E as vitórias das duas últimas rodadas são mais importantes para o Alvinegro por causa da ausência de Victor Ferraz, Renato e Lucas Lima, lesionados. A falta do trio titular foi superada pelo técnico Levir Culpi, que utilizou Daniel Guedes, Jean Mota, Vecchio (contra o Atlético-PR) e Matheus Jesus (diante do Palmeiras) como substitutos. 

Outro fator elogiado pelo treinador é a reação do elenco depois da eliminação. Nas entrevistas depois dos dois últimos jogos, o discurso foi semelhante: Levir disse que o clima era negativo, mas a equipe não se abateu para vencer. 

Agora, com o sonho do título vivo, o Alvinegro tem mais motivos para acreditar. Renato e Lucas Lima devem retornar contra a Ponte Preta no dia 12, no Moisés Lucarelli. Victor Ferraz, em compensação, tem lombalgia e ainda não há previsão de retorno. 

E além de reforçar o time titular e qualificar o banco de reservas, a tabela é favorável ao Peixe nas próximas cinco rodadas. Os adversários estão na parte de baixo atualmente: Ponte Preta (15º), Vitória (11º), Sport (17º), Atlético-GO (20º) e São Paulo (14º). 

Depois de três dias de folga, o elenco santista se reapresenta na tarde desta quarta-feira, no CT Rei Pelé.