Cd6b61ee d866 4e71 96a6 0c00a6cad54b Mandato do presidente Roberto de Andrade vai até fevereiro do ano que vem (Foto: Marivaldo Oliveira/Código19/Estadão Conteúdo)

Um dos candidatos à presidência do Corinthians na eleição do ano que vem Romeu Tuma Junior pediu, via Justiça, o afastamento do atual presidente Roberto Andrade.

Romeu alega que a votação das contas do clube referentes a 2016 foi irregular, e a única maneira de ela ser realizada de novo sem a influência de Roberto seria com o afastamento temporário.

Porém, a juíza que assumiu a ação se recusou a conceder a liminar e dificilmente tomará uma decisão antes de fevereiro, quando se encerra o mandato do atual presidente.

A irregularidade na aprovação das contas do Corinthians, segundo Romeu Tuma, se deve ao fato de o clube não ter apresentado um relatório de prestação de contas da diretoria e também atrasou a publicação dos pareceres do Conselho de Orientação Fiscal por meio de seu site.

As informações são do jornalista Jorge Nicola, da Rádio Bandeirantes.