806f4eca f688 4ab0 a2c2 f1865eaf3afa Levir Culpi tem contrato com o Santos até o final de dezembro (Foto: Ivan Storti/Santos )

O presidente do Santos, Modesto Roma Junior, não descartou a saída do técnico Levir Culpi para o futebol japonês ao final da temporada. O treinador tem contrato com o Peixe até o dia 31 de dezembro.

O clube japonês Gamba Osaka demonstrou interesse em contar com Levir no próximo ano. O treinador já teve passagens pelo futebol japonês e é bem-conceituado no país.

“O Levir tem uma grande tradição no Japão”, afirmou Modesto em entrevista exclusiva à Rádio Bandeirantes na noite desta segunda-feira. “Ele já está acostumado com o Japão. Tem até um restaurante japonês em Curitiba. Eu acho normal o interesse por um grande profissional. Todos nós temos uma vida profissional ativa”.

Modesto afirmou que o Santos não tem pressa para a renovação de contrato. O clube primeiro aguardará a confirmação da vaga na próxima edição da Copa Libertadores, para depois definir o planejamento de 2018. Além disso, o Santos terá eleições gerais em 9 de dezembro, e Modesto pode não continuar como presidente.

“O Levir tem um contrato, e nós respeitamos. Estamos contentes com o trabalho dele, mas o Santos não necessita definir nada neste momento. Nenhum clube define agora [em outubro]. No caso, ao final do ano, poderemos renovar ou não”.

Sobre a disputa da eleição em dezembro, Modesto destacou que o futuro do Santos não poderá ser afetado. “Nossa preocupação é o Santos. Não queremos impor nada para ninguém, mas temos de ver o interesse do clube me primeiro lugar. Não se faz ou deixa de se fazer algo por causa de uma eleição”.

Vice-líder do Campeonato Brasileiro com 47 pontos, o Santos volta a campo na próxima quinta-feira para enfrentar a Ponte Preta, em Campinas. O clube ainda sonha com a conquista e segue na perseguição do Corinthians, que lidera com 55 pontos.