Ae63ddeb 190a 4120 8daf 6dac7415aea5

Há cinco jogos sem perder, sendo três vitórias consecutivas, o Vasco está embalado no Brasileirão. Assim, o Cruz-Maltino já vê o G7 como realidade e está na briga por uma vaga na próxima Libertadores, objetivo desde o início da competição. No entanto, o discurso no clube é de manter os pés no chão para que a empolgação pelo bom momento não atrapalhe a luta pela classificação para a competição continental.

- Importante agora é manter os pés no chão. Vamos pegar o Coritiba, uma equipe muito perigosa, que vem jogando bem e que vem numa situação que tem que vencer a gente no Maracanã. Vamos contar o apoio da nossa torcida no Maracanã e assim a gente espera fazer um grande jogo - disse o técnico Zé Ricardo.

O treinador vem passando essa mentalidade para o grupo. Um dos mais líderes do elenco, destaca que é importante manter a humildade, já que ainda não tem nada definido e o time ainda não assegurou sua meta no campeonato.

- A humildade é o que a gente tem que ter nesse momento, porque há três rodadas falavam que o Vasco ia cair, agora já estão falando que a gente pode brigar pelo G7. Se perder duas seguidas, já voltam a falar em cair de novo. Temos que ter humildade para saber que ainda não tem nada ganho, que é muito pouco, tem que manter e melhor muito para conseguir o nosso objetivo - comentou o lateral-esquerdo.

No entanto, Ramon disse que o Vasco está crescendo no momento certo, quando as coisas começam a se definir. Segundo ele, o fato de o Brasileirão estar equilibrado ajudou a equipe a chegar na briga pela Libertadores.

- Essa reta final é que na verdade define as coisas. Claro que o campeonato é longo e para quem quer o título ou uma vaga direta tem que suar desde o começo. Mas como o campeonato está muito igual, como todo mundo próximo, exceto o Corinthians, dois jogos, dependendo do resultado, já te coloca na parte de baixo ou de cima. Então, isso facilitou para que a gente tivesse esse tempo de recuperação. Ainda é muito pouco para o que a gente pode render e o clube quer que a gente renda, mas estamos no caminho certo - afirmou Ramon, aproveitando para elogiar Zé Ricardo.

- Trocamos treinador, que é uma coisa complicada também, mas chegou o Zé. Com ele o ambiente está maravilhoso, conseguiu entender o grupo rápido e a gente conseguiu o que ele quer e o resultado está sendo positivo - completou.