Ecf1b917 fac0 43df a837 b2e118c87c58 Zago chegou ao Fortaleza em agosto (Foto: Fabio Lima/O POVO)

Antônio Carlos Zago marcou seu nome na história do Fortaleza em apenas dois meses de clube. Neste período, o paulista de 48 anos fez o desacreditado time do Tricolor do Pici ganhar confiança e padrão de jogo, alcançar o acesso para a Série B e terminar com o vice-campeonato da Terceirona.

"Os dois meses no Fortaleza foram, em minha opinião, brilhantes. Conseguimos o acesso, a equipe cumpriu tudo aquilo que pedi. Os jogadores sempre à disposição, um grupo fora de série. Foram meses excelentes no qual vou recordar pra sempre", disse Zago.

 

Quando foi apresentado no dia 22 de agosto, Zago cravou: "É o maior desafio da minha carreira". Dois meses depois, o comandante tricolor termina a temporada na Terceirona com dever cumprido.

"Me sinto realizado. Acho que o mais importante era o Fortaleza voltar à Série B, principalmente, se tratando do seu centenário. Fica faltando o título, não chegou, mas o objetivo principal era o acesso", completou o treinador.

FUTURO
O treinador deve definir seu futuro nos próximos dias. Em meio a especulações sobre o interesse do Juventude no técnico, Zago deixou claro que a prioridade para a próxima temporada é ficar no Fortaleza.

“Minha prioridade é continuar aqui no Fortaleza. Gostei do clube, da cidade, fui bem recebido aqui, agora tem que acertar com a diretoria”.