6cc51f3d 620b 4051 a228 51b8d0eabcac

 O Tribunal Superior do Trabalho, em Brasília, manteve a decisão do Tribunal Regional do Trabalho, e condenou o Palmeiras a pagar uma indenização milionária ao comentarista esportivo da Band e ex-jogador do clube, Denilson.

Denilson processou o clube alegando não ter recebido totalmente a verba de exibição de imagens na TV, chamado de direito de arena. De acordo com informações da ESPN, o valor pedido pelo comentarista é de cerca de R$ 1 milhão.

A defesa de Denilson, informa no processo, que ele deveria receber 20% do direito de arena. No entanto, o Palmeiras pagou apenas 5%. Leonardo Laporta, advogado do ex-jogador, entrou na Justiça para cobrar a diferença.

O direito de arena é um valor que os atletas recebem em virtude de sua exposição nas partidas disputadas por um clube. O valor é determinado pela quantidade de jogos em que participa. Denilson atuou pelo Verdão em 2008 e 2009, conquistando o título do Campeonato Paulista daquele ano.

A reportagem do DIA entrou em contato com a assessoria do Palmeiras e foi informada que receberá uma resposta após manifestação do Departamento Jurídico do clube.

O advogado Leonardo Laporta foi procurado, mas não foi localizado.