6d2fa489 a1f3 45c0 a7f2 2dd01bfb43db

A italiana Federica Pellegrini se sagrou campeã olímpica de natação nos Jogos Olímpicos de Pequim, em 2008. Além da medalha de ouro, ela ainda bateu o recorde mundial da prova dos 200 metros livre, com o tempo de 1m54s. Após os Jogos de Londres 2012 e Rio 2016, sem conseguir nenhuma medalha, anunciou sua aposentadoria. Ela voltou atrás e ainda fez uma homenagem na pele para a competição mais importante do mundo.

A novidade é a nova tatuagem de Federica Pellegrini. O lugar onde ela fez a arte chamou a atenção de seus seguidores. "Eu diria que depois de quatro Olimpíadas, eu as mereço", escreveu a nadadora, ao mostrar o símbolo dos Jogos no bumbum.

Considerada a musa da natação, a atleta de 29 anos de idade afirmou que vai participar dos Jogos Olímpicos de 2020, em Tóquio. "A decisão de continuar foi feita e a força para isso ainda encontrarei. Me darei outra chance, em função ao amor que tenho ao esporte", declarou Federica.