D54e236b dbe3 4ec2 8bc9 0c7e8e52f950

De Paquetá, vem a esperança de gols do Nova Iguaçu para o Campeonato Carioca 2018. O clube da Baixada Fluminense anunciou nos últimos dias a contratação do atacante Vinicius Paquetá, de 27 anos, que estava no Moto Club, do Maranhão. E o jogador, revelado pelo Flamengo, quer agarrar a chance para dar, de uma vez por todas, a volta por cima na carreira.

Para quem não se lembra, Vinicius surgiu como uma grande promessa no Rubro-Negro. Foi artilheiro em várias categorias da base, mas em 2010 acabou sendo dispensado depois de se envolver em uma polêmica na concentração, no Ninho do Urubu. Ele arriou as calças após uma aposta com os companheiros e, depois de a história se espalhar, foi suspenso por 20 dias pelo clube. Posteriormente, não teve o contrato renovado. O caso chegou aos ouvidos de Zico, dirigente do Flamengo na época que criticou o comportamento dos jovens. Sete anos depois, Paquetá quer esquecer a polêmica.

— Já falei muito sobre isso. Hoje em dia, não me importa mais, já passou. Não quero tocar nesse assunto. Agora só quero coisas boas e essa oportunidade do Nova Iguaçu chegou na hora certa. Apostei nesse projeto e espero dar conta do recado — disse o jogador, que começa a treinar no novo clube no dia 6 de novembro.

Depois da passagem pelo Flamengo, Paquetá rodou o Brasil e o mundo. Passou pelo sub-23 do Vasco, Portinomense, de Portugal, Mogi Mirim, Marilia, Icasa, entre outros clubes.

O atacante vê o Nova Iguaçu com condições de fazer um bom Campeonato Estadual e tem o sonho de voltar a jogar em um gigante do futebol brasileiro.

— Eles investiram bastante. Os reforços são ótimos. E essa é a intenção. Jogar o Carioca para que as portas se abram — finalizou.