F45d0f20 8374 4ce3 b037 920509cbcb44

O presidente do Santos, Modesto Roma Júnior, descartou qualquer possibilidade de Elano ser efetivado como técnico da equipe na próxima temporada. Segundo o dirigente, o auxiliar vai aproveitar 2018 para aprimorar a formação como já estava programado e ficará no comando do clube apenas na reta final do Campeonato Brasileiro.

“A programação é que 2018 seja o ano de formação do Elano. Ele vai continuar trabalhando no Santos, mas com foco na formação dele. É algo que já estava programado. É desejo nosso e dele. Ele precisar fazer os cursos da CBF. Isso nós já tínhamos combinados”, disse em entrevista exclusiva à Rádio Bandeirantes.

Modesto também comentou sobre a situação do lateral Zeca, que acionou a Justiça para rescindir o contrato com o clube. Ele disse que o caso já está sendo tratado pelo departamento jurídico e negou qualquer negociação envolvendo uma troca com o atacante Róger Guedes, do Palmeiras.

“É um assunto que está no departamento de recursos humanos, no departamento jurídico. É um atleta que tem um contrato vigente. Quando a gente não cumpre o contrato, paga multa. Agora quando o atleta não cumpre, ele também tem que pagar”, disse.

“O Maurício (Galiotte, presidente do Palmeiras) não me ligou. Não nos falamos nos últimos 15 dias. Não há nenhuma conversa, nenhuma situação nesse sentido. O que existem são criações e factoides. Nada mais do que isso”, concluiu.