B4776a2e 08f4 41d7 aa4f a9fa57811554

Com o filho afetado por um acidente doméstico, Alejandro Guerra desfalcou o Palmeiras na derrota por 1 a 0 diante do Barcelona de Guaiaquil, sofrida na noite desta quarta-feira, no Estádio Monumental. O técnico Cuca relatou o desespero do venezuelano, mas garantiu que a situação não influenciou no placar das oitavas de final da Copa Libertadores.

Com apenas três anos de idade, o filho de Guerra sofreu um afogamento em uma piscina e está internado, o que levou o venezuelano a retornar ao Brasil antes do jogo nesta quarta-feira. De acordo com comunicado emitido pelo Palmeiras durante a tarde, o estado da criança é estável.

“Ao meio-dia, você vê ele (Guerra) correndo de um lado para o outro, desesperado, com um desencontro de informações. Todo o mundo sente. Quem é pai, sente. Não tem um que não liga para a casa na mesma hora. Então, qualquer ser humano sente. Nem precisa ser palmeirense”, declarou Cuca.

O técnico pretendia escalar Guerra como titular diante do Barcelona de Guaiaquil. Sem o meia, ele improvisou o veterano Zé Roberto, sacado para a entrada de Roger Guedes na etapa complementar. Segundo o treinador, a situação dramática vivida pelo venezuelano não teve influência no resultado.

“Não seria justo falar que perdemos por causa do lado emocional. Perdemos porque nos últimos 15 minutos sentimos o jogo. Tivemos um cansaço excessivo, natural de uma sequência com viagem e um jogo desgastante. As mexidas que fizemos para dar um gás novo não surtiram tanto efeito”, comentou Cuca, sem deixar de lamentar o desfalque de Guerra.

“Pode ter tido influência e acho que teve a ausência dele. É um meio-campista de rara inteligência e que faz grande parte dos lançamentos para nossos atacantes. Infelizmente, teve esse problema e não pôde jogar. Sentimos muito, mas não é desculpa pela derrota”, reiterou.

O jogo de volta entre Palmeiras e Barcelona de Guaiaquil está marcado para as 21h45 (de Brasília) do dia 9 de agosto, uma quarta-feira, no Estádio Palestra Itália. Às 16 horas deste domingo, no Mineirão, o time alviverde pega o Cruzeiro, pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro.