083ebe5c 0d9c 4033 a691 b273855e5886

O café deixou de ser um produto alimentício para ser um patrimônio gastronômico e cultural. Dos mais fortes aos mais suaves, de diversos sabores diferentes, pode ser ingerido por várias pessoas, com gostos diferentes. O MinutoEsportes entrevistou uma nutricionista, uma empresária do ramo e uma atleta para comentar como utilizam o café, os benefícios e os cuidados que se deve ter com este produto.

Entre outras particularidades, o café é conhecido por ser um estimulante por possuir a cafeína, que pode ajuda uma pessoa a se manter ativa e disposta para determinada atividade.  A nutricionista Joelma Marinho explica que o café é benéfico, mas como qualquer outra coisa, em excesso poder ser prejudicial.

“A ingestão do café de forma moderada é benéfica, mas como todo excesso, pode ser prejudicial. Principalmente se alterar o sono do atleta, o que modifica diretamente no desenvolvimento da sua atividade”, afirmou.

O café possui substâncias saudáveis, como vitamina B, lipídios, aminoácios, açúcares e uma grande variedade de minerais, como o potássio por exemplo. Joelma Marinho ainda explica que a quantidade de café, deve ser avaliada de acordo com o gosto, a necessidade e o limite de cada atleta.

“Ideal no pré-treino para dar mais energia . A quantidade depende do tipo de atividade física  e tempo em que o atleta vai se expor ao exercício. Na verdade, todo tipo de ingestão nesse caso é de forma individual. Esperar que o café por si só seja o bastante é o grande engano . O ideal é harmonizar o casamento, consumo juntamente com a dieta, treinos, suplementos e repouso”, explicou.

Joelma Marinho (Foto: Arquivo Pessoal)

 

Os praticantes de atividades físicas também dividem seus horários com outras atividades, incluindo as profissionais. Em alguns locais de trabalho, mesmo em quantidades pequenas, as pessoas costumam tomar café em horários distintos e diante disso, Joelma faz um alerta.

“Nunca indico o uso de café tarde da noite, principalmente para quem já apresenta dificuldades em dormir. O ideal que seja utilizado ao longo do dia para dar mais energia”, disse.

Por fim, Joelma Marinho ainda deixou uma receita de café pré-treino e que também serve como termogênico, produto ou alimento estimulante, capaz fazer seu corpo mobilizar e queimar a gordura estocada.

Café Antes do Treino:

150ml de Café

1 Colher de Cá de Canela

1 Colher de Chá de Óleo de Côco

A ATLETA

Mãe, estudante, empresária e atleta de jiu-jitsu. Flácia Freitas tem uma vida corrida entre atividades todas as suas atividades. O esporte não é apenas um hobby, tendo em vista que a atleta é profissional e já tem títulos estaduais, regionais, nacionais e internacionais.

Para se manter em dia nos treinos, Flácia consome suplementos alimentares, além de alimentos saudáveis, incluindo o café. “Antes do meu treino, eu busco tomar suco, ovos, crepioca entre outras coisas. Mas antes de tudo, tenho que tomar uma xícara com café e uma colher de óleo de côco, sempre”, afirmou.

Flácia Freitas (Foto: Duas Tribos)

 

CAFÉ DIFERENTE

O café deixou de ter aquela cor e sabor específico. De forma “gourmetizada”, com cores e sabores diferentes, mas na sua maioria, saudáveis, o produto não perde espaço. Praticante de atividades físicas e empresária do ramo, Carla Cordeiro explica o que é o “Melanina Café”.

“O melanina café é sua dose de cafeína pré-treino isenta de glúten, lactose, gordura, sódio, emulsificante e estabilizantes. Você ainda encontra a versão do Melanina Café isenta de açúcar ou aquele Extra Forte que tem uma dose a mais de cafeína para turbinar o seu trein. Sabor e saúde aliados a uma cremosidade sem igual”, explicou.

O café totalmente saudável apresenta sabores como cappuccino, laranja, menta, nutella, canela, chocolate, extra forte, além do tradicional e também café gelado.

Carla Cordeiro, empresária do ramo (Foto: Melanina Café)