Foto: Victor Hugo/Ascom ASA F1f9f45e 0a51 472f a957 54a684e36af0

O ASA conseguiu uma importante vitória de 2 a 1 sobre o CSE na noite desta quarta-feira (31), jogando no Estádio Juca Sampaio, em Palmeiras dos Índios, no complemento da terceira rodada do Campeonato Alagoano.

Em um clássico eletrizante, acabou faltando eletricidade no estádio. No início do segundo tempo, quatro torres de iluminação se apagaram, interrompendo a partida por mais de 50 minutos.  O ASA ainda superou a perda do zagueiro André Nunes na primeira etapa. O jogador foi expulso após receber o segundo cartão amarelo, após fazer falta em cima do atacante Diego Clementino, do CSE.

Os gols da partida foram marcados por Lucas Piauí e Rômulo pelo o Alvinegro, o atacante Jajá descontou para o Tricolorido de Palmeira.

Com o resultado, o ASA assumiu a vice-liderança na classificação do Alagoano. No próximo domingo, o Gigante vai encarar o CSA, às 16h00, no Estádio Rei Pelé. No mesmo dia e horário, o CSE vai enfrentar o Santa Rita, em Boca da Mata.

A partida ficou interrompida por mais de 50 minutos devido a falta de iluminação. (FOTO: REPRODUÇÃO / FAFTV)

 

O JOGO – 1º TEMPO

Como era esperado, o CSE, time da casa, começou a partida pressionando o ASA em seu campo defensivo. No primeiro minuto, Juninho Paraíba chutou forte, o goleiro Dida espalmou e, no rebote, Júnior Alves tentou marcar, mas estava impedido.

O CSE continuava a pressão no ataque. Aos 22 minutos, o atacante Pedro Maycon driblou dois marcadores e soltou a bomba. A bola explodiu na trave, dando um susto na torcida Alvinegra.

Para piorar a situação do ASA, nos acréscimos do primeiro tempo, o zagueiro André Nunes deu uma tesoura nas pernas de Diego Clementino. O jogador recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso.

2º TEMPO

Na segunda etapa, o ASA mudou sua postura a após a expulsão de André Nunes. Aos 3 minutos, em cobrança de falta, o lateral Lucas Piauí marcou o gol da equipe Arapiraquense. 1 a 0.  Após o gol, parte dos refletores do Estádio Juca Sampaio se apagaram e o jogo ficou paralisado por mais de 50 minutos, o que acabou esfriando a partida.

Com a volta das luzes, o CSE também voltava a pressionar. Diego Clementino acertou o travessão aos 5 minutos. E aos 11 minutos, o atacante Jajá aproveitou cruzamento vindo da direita e marcou de cabeça para o Tricolorido. 1 a 1.

O CSE continuava a pressão, mas o goleiro Dida do Alvinegro, não queria deixar a derrota acontecer. O ASA respondeu com novamente com Lucas Piauí em cobrança de falta, aos 30 minutos, a bola acertou a trave.

O jogo seguia movimentado, e aos 37 minutos, o atacante Rômulo fez uma linda jogada, limpou o zagueiro e bateu no ângulo com a perna esquerda. 2 a 1 para o ASA.

FICHA TÉCNICA

CSE 1 x 2 ASA

Estádio Juca Sampaio - Palmeira dos Índios

Árbitro: Rafael Carlos Salgueiro

Auxiliares: Maxwell Rocha da Silva e Brígida Cirilo Ferreira

Gols: Lucas Piauí aos 3 minutos e Rômulo aos 37 minutos do 2º tempo (ASA)

Jajá aos 11 minutos do 2º tempo (CSE)

CSE: André Pereira, Juninho ( André), Diogo Batista, Weverton e David; Josias ( Jajá), Dinho ( Loirinho), Júnior Alves e  Júnior Paraíba; Diego Clementino e Pedro Maycon. Técnico:  Manoel Pinheiro

ASA: Dida, Chiquinho Alagoano, André Nunes, Lucas Bahia e Lucas Piauí; Cal, Cleidson Pink, Coutinho e Diego Furtado ( Isaias); Jean Carlos ( Marcos Arthur) e Rômulo ( Carlos Caaporã). Técnico: Luiz Paulo.