Foto: Douglas Araújo/Ascom-CRB F331a2e1 99aa 4e73 bd7e 9b3456a6663a

O CRB teve uma oportunidade de encaminhar a sua classificação para a segunda fase da Copa do Nordeste, e desperdiçou. Na tarde deste sábado (10) o “Galo” recebeu o Santa Cruz no Rei Pelé e num jogo polêmico por parte da arbitragem, com 18 cartões, sendo 15 amarelos e 3 vermelhos e ficou no empate em 1 a 1.

O resultado mantém o Santa Cruz na liderança do Grupo A da competição regional, com 8 pontos, enquanto o CRB e o vice-líder com 7. Na próxima rodada o time regatiano vai até Aracaju enfrentar o Confiança e o Santa joga na Paraíba diante do Treze.

O JOGO

Desde o começo da partida, as duas equipes se movimentavam, buscavam o gol, mas também cometiam faltas. O árbitro Marielson Alves Silva não conseguiu conduzir a partida na conversa e distribuiu cartões desde o começo.

O jogo era equilibrado, mas a insistência do CRB deu resultado, aos 31 minutos. Escanteio cobrado na área do Santa, Flávio Boaventura testou na trave e no rebote, Anderson Conceição testou para as redes.

A partida seguiu movimentada, mas o “Galo” administrou o resultado e terminou o primeiro tempo com vitória parcial sobre o Santa Cruz por 1 a 0.

Foto: Douglas Araújo/Ascom-CRB

 

Na volta para o segundo tempo, o jogo seguiu duro e o árbitro baiano seguiu mostrando cartões, que só aumentavam com o passar do jogo. A partida terminaria com 15 amarelos e 3 vermelhos, sendo dois do Santa Cruz e um do CRB.

Aos 29 minutos, aproveitando os espaços que o CRB deixava, o Santa Cruz chegou ao empate. Paulo Henrique cruzou na área, Fabinho não conseguiu marcar, mas deixou na boa para Robinho empurrar para as redes. 1 a 1.

Jogo movimentado e reclamações de marcações equivocadas dos dois lados, contra o árbitro da partida. Final de jogo, CRB 1 x 1 Santa Cruz.