A72371c7 6aa9 4f51 b1dc b4eb4627c57a

Realizado neste sábado (17), em Londres, na Inglaterra, o UFC Fight Night 127 consagrou Alexander Volkov. Preciso quando teve a oportunidade, o russo conquistou a maior vitória de sua carreira até o momento ao nocautear o ex-campeão Fabrício Werdum no quarto round. No co-main event, Jimi Manuwa e Jan Blachowicz travaram uma luta bem disputada e desenrolada em grande parte na trocação. Depois de muito equilíbrio durante os três rounds, a vitória foi declarada para Blachowicz na unanimidade dos árbitros.

Ainda no card principal, além do main event e do co-main event, outras duas lutas foram realizadas. Com boa atuação, Leon Edwards levou a melhor sobre Peter Sobotta por nocaute técnico no terceiro round, em vitória conquistada no último segundo. Na sequência, o francês Tom Duquesnoy teve um desempenho seguro e superou Terrion Ware na decisão unânime dos jurados.

Logo no início do confronto, com facilidade, Fabrício Werdum derrubou Alexander Volkov e caiu por cima do russo no solo. O brasileiro, a partir disso, passou a golpear constantemente no ground and pound, desgastando seu oponente. Logo depois, a luta voltou a ficar em pé, onde o russo levou vantagem. O confronto chegou a ir para o chão novamente, no entanto, sem muita efetividade por parte de Werdum. No segundo assalto, os dois lutadores começaram se estudando, todavia, o "Vai Cavalo" conseguiu uma nova queda, teve domínio no chão, mas não conseguiu traduzir em ações efetivas.

No terceiro round, o ritmo dos dois lutadores caiu e ambos foram pouco efetivos. Volkov focava mais na trocação, enquanto Werdum apostava na sua excelência no Jiu-Jitsu e quase conseguiu aplicar um armlock. No quarto assalto, já bem desgastado fisicamente, Werdum, que vinha com a estratégia de tentar finalizar no chão, foi para o "tudo ou nada" na trocação e foi golpeado pelo russo, que com mais uma sequência de golpes, sacramentou sua vitória e segue embalado no Ultimate, agora com quatro triunfos pela organização. Já Werdum, aos 40 anos, volta a dar um passo atrás na busca pelo título dos pesados.