E3dc23e7 92a0 40c6 ae43 9d76cc6eb64b

Campeão goiano e vivo na Copa do Brasil. Até agora, a temporada tem sido positiva para o Goiás, que vem alcançando seus objetivos. O maior deles, porém, começa a ser perseguido a partir de sábado, quando o clube estreia na Série B. Pelo terceiro ano seguido, o Alviverde disputa a Segundona e não vê a hora de voltar à elite. O acesso é a "principal meta" esmeraldina em 2018.

Após o duelo contra o Avaí, nesta quinta-feira os jogadores fizeram uma atividade regenerativa ainda em Florianópolis e no fim da tarde embarcam para Maceió. O primeiro compromisso pela Série B será contra o CSA, sábado, no estádio Rei Pelé, e o técnico Hélio dos Anjos reitera toda a importância da partida que marca o início da caminhada.

Quando Hélio utiliza a palavra "realidade", é para exemplificar o foco do clube na Série B. Porém, ele destaca que o Goiás está apenas de passagem pela segunda divisão. Mesmo com as dificuldades recentes para subir, o técnico vê o Alviverde como um dos grandes do torneio e avalia que está na hora de voltar à elite.

- A segunda divisão é apenas um momento. O Goiás está na Série B, mas não é da Série B. Esperamos a ajuda do torcedor, pois estamos com muita convicção no trabalho - garante o treinador.

Contra o Avaí, Madison não atuou por estar suspenso. Ele fica à disposição para o jogo contra o CSA. Léo Sena, que foi poupado e entrou apenas no final, deve voltar ao time titular.