2a06f599 cd78 45d9 a7b1 e31539cde063

O Sport chega ao Campeonato Brasileiro com a moral baixa. Depois de ser eliminado pelo Central, nas semis do Pernambucano e pelo Ferroviário-CE na Copa do Brasil, o Leão aposta suas fichas no Brasileirão para tentar apagar o péssimo início de temporada. Com perdas significativas em seu elenco, tais como Diego Souza, Rithely e André, o Leão ainda não reforçou, suficientemente, o seu elenco para a competição. O Sport estreia contra o América Mineiro, fora de casa, neste domingo, às 11h.

O Sport fez boa campanha na fase de grupos do Campeonato Pernambucano. Com um dos elencos mais fortes da competição, o Leão terminou em terceiro colocado, com 17 pontos, garantindo a classificação para a fase eliminatória. 

Nas quartas de final, atropelou um de seus maiores rivais, o Santa Cruz, por 3 a 0, com dois gols de Anselmo e um de Marlone. Na semifinal, porém, a zebra aconteceu. O Central venceu o Sport por 1 a 0, com gol de Leandro Costa e eliminou o Sport do Estadual.

Mais uma vez, zebra e eliminação

Na Copa do Brasil, venceu o Santos-AP com facilidade, fora de casa, por 2 a 1, com dois gols de Leandro Pereira. Na fase seguinte, o Sport decepcionou mais uma vez e foi desclassificado por um time de menor expressão. Em um jogo emocionante, o Sport vencia por 3 a 0, com gols de Anselmo, Fabrício e Marlone, até os 30 minutos do segundo tempo. A classificação parecia encaminhada, mas o Ferroviário conseguiu fazer três gols em 15 minutos e empatou o jogo. Nos pênaltis, vitória do Ferroviário por 6 a 5 e uma classificação inédita.

Destaques

Dentre os principais jogadores, Marlone desponta como a principal referência na parte ofensiva. Magrão, ídolo da história e um dos maiores jogadores da história do clube, vai passar por uma cirurgia no joelho e deve retornar durante a competição. O volante, Anselmo, teve boas participações no Estadual e surge como uma boa opção na marcação. 

• Marlone
Após a saída de Diego Souza, Marlone assumiu o papel de principal jogador na criação e na parte ofensiva da equipe. Com mais responsabilidade, o talentoso meia tenta se firmar de vez no Sport. Sua primeira passagem pelo clube foi em 2015, quando fez 35 jogos e três gols. Retornou ao Sport nesta temporada, emprestado pelo Corinthians e está correspondendo as expectativas criadas ao seu redor. Em 15 jogos, já marcou cinco gols e é uma das principais referências técnicas do Sport para o Campeonato Brasileiro.

• Magrão
No Sport desde 2005, o goleiro Magrão é um dos maiores ídolos da história do Sport. Com 554 jogos pelo Leão, Magrão conquistou a COpa do Brasil de 2008, um dos maiores títulos do Leão. Referência para os jogadores mais novos, Magrão exerce o papel de líder dentro e fora de campo, porém, o goleiro sofreu uma lesão joelho e vai se submeter a uma artroscopia. Com isso, só deve voltar com a competição já em andamento.

• Anselmo
O meia chegou ao Sport em 2017 e nessa temporada vem sendo peça fundamental no esquema de Nelsinho Baptista. Anselmo foi um dos principais jogadores do Sport no Pernambucano. Já fez 13 partidas em 2018 e marcou cinco gols.