Fotos: Jefferson Vieira/Oeste FC 2f07d74b 0802 4bfc 989e e8c7d27c6a40

O CRB mudou o chip da competição estadual para a nacional, mas terá de alterar as suas configurações. Na noite desta sexta-feira (13), jogando na Arena Barueri em São Paulo, o “Galo” não jogou bem, sofreu um gol em cada tempo e acabou derrotado por 2 a 0 para o Oeste na abertura da Série B.

O próximo compromisso do CRB será no dia 18, em Campina Grande diante do Campinense, em jogo que vale uma vaga para a Copa do Nordeste 2019. Pela Série B a equipe regatiana jogará dia 21 contra o Vila Nova no Rei Pelé.

O JOGO – 1º TEMPO

Bola rolando na Arena Barueri e o Oeste não deu espaço para o CRB se situar no jogo. O time paulista atacou, rondou a área regatiana e por muito pouco não marca. Aos 6 minutos, Carlinhos recebeu na entrada da área e bateu, mando rente a trave do goleiro João Carlos.

O Oeste seguiu em cima, mas quem conseguiu balançar as redes foi o CRB, mas de forma irregular. Cobrança de escanteio, Willians Santana desviou de cabeça, Tadeu espalmou e Diego Rosa mandou para as redes. O árbitro porém, alegou falta do ataque do time alagoano para anular o gol.

A equipe da casa seguia melhor e chegou ao gol que abriu o placar aos 30 minutos. Carlinhos bateu cruzado, o goleiro João Carlos espalmou e Bruno Lopes dominou e mandou para o fundo do gol. Oeste 1 a 0.

Depois do gol rival o CRB passou a buscar mais o ataque e quase empata nos últimos minutos. Ayrton mandou na área e na disputa entre o ataque e a defesa do CRB, a bola seguia para o gol, quando Tadeu afastou o perigo.

Final do primeiro tempo na Arena Barueri, com vitória parcial do Oeste por 1 a 0 sobre o CRB.

2º - TEMPO

Veio a segunda etapa, o CRB parecia que seria mais ativo no jogo, mas acabou falhando na sua defesa e permitindo o segundo gol da equipe da casa. Aos 12 minutos, Perinho recebeu na intermediária, deixou dois defensores do “Galo” para trás e mesmo desequilibrado, tocou na saída do goleiro rival.

Fotos: Jefferson Vieira/Oeste FC

 

Em desvantagem no placar, o técnico Mazola Junior resolveu colocar o CRB para cima, tirando Willians Santana e Feijão, para entrada de Ratinho e Lucas Siqueira. As mudanças porém, só diminuíram o ímpeto do Oeste, mas não ajudaram o setor ofensivo do time alagoano.

Com dificuldades para furar o bloqueio do Oeste, o CRB passava a apostar nas bolas paradas. Escanteios e faltas viraram armas. Em uma das faltas, especificamente na entrada da área, Edson Ratinho bateu com categoria e exigiu boa defesa de Tadeu.

Nos últimos minutos o CRB pressionou, mas sem objetividade, enquanto o Oeste preferiu administrar o resultado. Final de jogo na Arena Barueri, Oeste 2 x 0 CRB.