0da62786 d715 4de2 b6bd be9698b97cc0

A base do Flamengo segue voando. O time sub-15 conquistou de forma invicta, neste fim de semana, o título da Nike Premier Cup, e representará o Brasil na final mundial, em agosto, na Áustria.

Na decisão da edição brasileira, o Flamengo derrotou o São Paulo por 3 a 2, nos pênaltis, após empate em 1 a 1 no tempo normal.

“Atuando pelo sexto dia seguido sem descanso, Flamengo e São Paulo entraram em campo para a grande final nacional muito desgastados fisicamente. Com isso, o que se viu foi um jogo muito brigado e equilibrado, sem muitas chances de gol para os dois lados, porém com o Mais Querido melhor em campo. Após um primeiro tempo sem gols, o zagueiro Diego abriu o placar para o Rubro-Negro aos oito minutos da segunda etapa. João Pedro cobrou escanteio, Ryan ganhou a disputa de cabeça contra o goleiro são-paulino e Diego, muito bem posicionado, complementou para o fundo das redes. Aos 18 minutos, a arbitragem assinalou pênalti e a equipe paulista deixou tudo igual, levando a decisão do título para a disputa de penalidades.

Assim como na semifinal contra o Grêmio quando pegou uma cobrança, a estrela do goleiro rubro-negro Christian brilhou mais uma vez. Dessa vez, ele defendeu duas cobranças e ajudou os Garotos do Ninho a levantarem mais uma taça.

‘Antes de virmos jogar essa competição, o Breno, nosso preparador de goleiros, conversou muito comigo sobre as cobranças de pênaltis, me alertando para sempre esperar a decisão do cobrador até o último segundo. Tanto na semifinal contra o Grêmio quanto na final de hoje contra o São Paulo, me concentrei muito nas coisas que ele havia me passado e confiei demais nele e na minha explosão. Graças a Deus pude contribuir com três defesas e ajudar a equipe a se sagrar campeã", disse Christian, que completou: "Conquistar um título vestindo o Manto Sagrado é uma emoção única. É indescritível. É minha segunda conquista pelo clube, e a emoção é ainda maior. O gosto é maravilhoso. Vamos comemorar muito e nos preparar ainda mais para que venham muitos outros ao longo dessa temporada’, finalizou o paredão rubro-negro.

‘Fico muito feliz pela conquista de um título tão importante. Mas ainda mais feliz e honrado em ver o amadurecimento desses meninos fora do campo. Eles foram perfeitos ao longo de toda a competição, fizeram absolutamente tudo o que foi demandado pela comissão técnica e não tenho dúvidas de que, aliado à capacidade técnica deles, esse foi um fator fundamental para essa conquista’, disse o treinador Mario Jorge.

Ele também falou sobre o significado do título para o clube e a possibilidade de a categoria disputar mais uma competição de alto nível contra equipes estrangeiras: ‘Sem dúvidas que essa é uma conquista que trará um marco para a carreira desses meninos, que ainda estão em formação. É um título importante, inédito para o clube, e que nos dá a possibilidade única de competirmos em alto nível no exterior, vivendo novas culturas e aprendendo a enfrentar um sistema de jogo diferente do que o que estamos acostumados no Brasil. Só temos a ganhar’, finalizou Mario Jorge.

Na final, o Flamengo entrou em campo com Christian, Samuel, Kaiky, Diego, Jorge, Leo, Dudu, Daniel, Oliveira, Ryan e João Pedro. Treinador: Mario Jorge”, narrou o site oficial do Flamengo.