Foto: Comitê Olímpico 67ff1185 6463 48fc 9e59 a8234a8e8cf7

O atleta alagoano paralímpico Yohansson Nascimento está mais experiente. Completando 12 anos de atletismo, o velocista irá disputar o Mundial de Atletismo Paralímpico em Londres, o quinto em sua carreira e buscará medalhas nas duas provas que disputa, para começar com o “pé direito” o ciclo olímpico visando os jogos em Tóquio 2020.

Na capital inglesa, Yohansson Nascimento irá disputar duas provas em que é especialista, nos 100 e 200m. Mesmo com o nível elevado da competição, o alagoano está confiante num bom resultado.

“A expectativa é muito boa. Acredito que treinei bastante, estou preparado e quero garantir uma medalha em cada prova”, disse o velocista que ainda reforçou a importância da competição, já pensando nos Jogos Olímpicos de Tóquio em 2020.

“Esse mundial é o primeiro passo para Tóquio. O ano de 2017 será importante para avaliar os adversários que teremos pela frente e consequentemente, e analisar este novo ciclo olímpico”, concluiu.

O Mundial Paralímpico de Londres é especial para Yohansson, não apenas pelo nível dos atletas, mas também por ser o 5º mundial e também por estar completando 12 anos de atletismo. Após a competição, Yohansson Nascimento voltará ao Brasil e logo em seguida vem para Maceió, onde irá curtir alguns dias de folga junto a família e amigos.

O alagoano está entre os 25 atletas brasileiros convocados para a competição internacional. O Mundial de Atletismo Paralímpico acontece em Londres, entre os dias 14 e 23 deste mês.