Créditos: Pedro Chaves/@canaldabolace 9c8182dc ed5c 4db3 a5fc a5b338fe9d5b

O CRB chegou a sua quinta derrota consecutiva, sendo três pela Série B e passa por sua primeira grande crise na temporada 2018. A equipe alagoana foi até a capital cearense na noite desta terça-feira (24) enfrentar o Fortaleza e acabou derrotado por 3 a 1.

Com a derrota, o time alvirrubro amarga a lanterna da competição nacional. O CRB só volta a jogar no dia 1º de maio, diante do Campinense pela Pré-Copa do Nordeste no Rei Pelé e no sábado dia 05, recebe o Atlético Goaniense pela Série B.

O JOGO – 1º TEMPO

Bola rolando na Arena Castelão e o Fortaleza logo deu as cartas no jogo, abrindo o placar diante do CRB, com seis minutos de jogo. Ex-CSA, Edinho avançou pela direita e cruzou rasteiro na área, a defesa não afastou e a bola sobrou para Osvaldo, que emendou para o fundo das redes.

O gol abalou o CRB, que minutos depois, quase sofre o segundo. O Fortaleza tinha espaço e atacava. Bola na área regatiana e Gustavo testou com perigo, mandando perto do gol defendido por João Carlos.

Depois do susto, o CRB se fechou em seu campo de defesa e tentava os contra-golpes. Na primeira jogada de perigo do time alagoano, Diogo Matheus cruzou na área e Neto Baiano pegou de primeira, mandando por cima da baliza rival.

O jogo seguiu movimentado e na reta final, com muita marcação no meio de campo, mas nos minutos finais as equipes resolveram atacar. Primeiro, Tinga desperdiçou chance para o CRB e já nos acréscimos, Edinho exigiu grande defesa de João Carlos, que salvou a equipe alvirrubra, no último lance do primeiro tempo. Fortaleza 1 x 0 CRB.

2º - TEMPO

Créditos: Pedro Chaves/@canaldabolace

 

Veio a segunda etapa e o Fortaleza mais uma vez não deixou o CRB respirar. Logo aos 3 minutos, o zagueiro Diego Jussani, ex-CRB, lançou na área e contou com o vacilo da defesa do “Galo”, encontrando Bruno Melo, que cabeceou para as redes. 2 a 0.

Os minutos seguintes seriam eletrizantes. Aos 5 minutos, o CRB foi ao ataque e depois de cruzamento na área, Neto Baiano apareceu livre para diminuir o marcador e empolgar os regatianos.

Minutos depois, mais precisamente aos 10, o CRB foi ao ataque e deixou brechas. Jean Patrick recebeu na entrada da área e bateu forte, marcando o terceiro do “Tricolor”, fazendo a festa da torcida na Arena Castelão.

O jogo era movimentado, aberto e que também proporcionava muitas faltas. O árbitro precisou distribuir cartões para conter os ânimos dos dois times. Pensando em dar um novo gás ao time alagoano, o técnico Junior Rocha promoveu mudanças no CRB, colocando Willians Santana na vaga de Diego Rosa e Rafael Bastos no lugar de Edson Ratinho, mas o panorama não mudava.

Nos 15 minutos finais de jogo, o CRB sofreu uma baixa considerável. Edinho levava o Fortaleza ao ataque, ficaria de frente para João Carlos, mas sofrei falta dura de Feijão, que acabou expulso de campo.

Aos 49 minutos, o árbitro encerrou a partida com vitória do Fortaleza por 3 a 1 diante do CRB.