Foto: Douglas Araújo/Ascom-CRB 397299ca 128c 41c4 808b db4be57e761f

O CRB entrou em campo pensando em encostar nos primeiros colocados da Série B e encerrou a noite de terça-feira (15) sofrendo uma sonora goleada do Avaí. O time regatiano sofreu um “apagão” no primeiro tempo e acabou perdendo por 4 a 0 para a equipe catarinense, em pleno Estádio Rei Pelé.

A derrota mantém o CRB com 6 pontos, ocupando a 13ª colocação na tabela de classificação. O próximo compromisso da equipe alagoana será no sábado (26) contra o Guarani em Campinas.

O Avaí por sua vez, é o 4º colocado com 11 pontos e vai enfrentar o Paysandu, na sexta-feira (25), na Ressacada em Florianópolis.

O JOGO – 1º TEMPO

Bola rolando com jogo agitado nos primeiros minutos. Na primeira jogada de ataque, Diego Rosa avançou, deixou dois defensores para trás e ficou de frente para o goleiro Aranha, que fez uma linda defesa no chute o meia do CRB.

Aos 10 minutos, veio a resposta do Avaí. Cruzamento da esquerda, Rômulo bateu de primeira para grande defesa de João Carlos, mas no rebote, Rodrigão ficou livre e empurrou para as redes. Festa da pequena torcida do Avaí no Rei Pelé.

O jogo seguia equilibrado, mas o Avaí era mais eficiente. Aos 29 minutos, Renato tabelou com Rodrigão na entrada da área e bateu sem chances para o goleiro alvirrubro. Avaí 2 a 0.

Foto: Douglas Araújo/Ascom-CRB

 

Nesse momento, o CRB estava pressionado na partida. A equipe alagoana se lançava ao ataque e Neto Baiano era o mais perigoso. Primeiro em chute travado na pequena área e outro que passou muito perto do gol defendido por Aranha.

Enquanto o CRB desperdiçava, o Avaí marcava. Aos 35 minutos, Capa foi lançado em velocidade, entrou na área e deu um lindo drible em Flávio Boaventura, batendo alto, forte e sem chance para João Carlos. 3 a 0 e jogo complicado no “Trapichão” para o “Galo”.

Antes do final do primeiro tempo, o atacante Rodrigão ainda desperdiçou grande chance. Final do primeiro tempo, CRB 0 x 3 Avaí.

2º - TEMPO

O CRB começou o segundo tempo assustando na bola parada. Neto Baiano que tem assumido esse papel, bateu forte e parou em grande defesa do goleiro da equipe catarinense.

Os dois treinadores modificaram as suas equipes, o que fazia o tempo passar e ajudava o Avaí. Por sinal, o time visitante seguiu atacando e chegou ao quarto gol. André Moritz tentou jogada individual, a defesa cortou, mas a bola sobrou para Rodrigão, que bateu e mandou para as redes. 4 a 0.

Depois do gol, o Avaí passou a tocar e ganhar tempo em qualquer substituição ou reposição de bola. As substituições também ajudava, piorando assim a situação do CRB, que não conseguia reagir.

A partida seguiu nesse ritmo até o final e acabou com uma sonora goleada do Avaí por 4 a 0 sobre o CRB.