Foto: Divulgação 7e4b2a9f bf67 4d83 8aa0 88da36cc9798 Gustavo Feijó, vice da CBF

Como se não bastasse a dolorosa eliminação na Copa do Mundo, familiares de jogadores teriam enfrentado outro problema. Segundo o site “Uol”, o vice-presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), o alagoano Gustavo Feijó, teria criado um “climão” ao criticar jogadores e comissão técnica da seleção. Em nota de esclarecimento, o dirigente nega.

Segundo informações divulgadas pelo portal nacional, o dirigente teria se exaltado e criticado os integrantes da seleção nacional, que perdeu para a Bélgica por 2 a 1, criando um clima pesado, uma vez que estava no mesmo setor onde estavam os familiares de atletas.

Mesmo com pedidos, Gustavo não teria se incomodado e seguiu criticando a atuação do time brasileiro. A situação ficou ainda pior, quando o setor teria recebido outra pessoa que não era bem vista pelos familiares, o ex-coordenador da seleção, Gilmar Rinaldi.

Neste sábado, através de nota oficial, Gustavo Feijó informou que não houve qualquer problema e que ao final do jogo, ainda prestou solidariedade a família do alagoano Roberto Firmino e que apoiava a comissão da seleção brasileira.

CONFIRA A NOTA:

Gustavo Dantas Feijó, vem através desse meio, por intermédio da sua assessoria de imprensa, com devido respeito à imprensa, torcedores brasileiros e aos familiares dos jogadores, esclarecer a matéria divulgada na manhã deste sábado (07), pelo portal de notícias Uol Esportes.

Cumpre esclarecer que Gustavo não gerou nenhum ‘’climão’’, nem ofendeu jogadores da seleção brasileira. Ele assistiu à partida ao lado do Mauro Carmélio presidente da federação cearense de futebol e do

presidente da Federação Gaúcha de Futebol (FGF), Francisco Novelleto Neto, e que jamais aconteceu o que foi divulgado pelo portal de notícias, e ao final da partida ele prestou o seu apoio à mãe do atacante alagoano Roberto Firmino.

Comunicamos, ainda, que Gustavo sempre honrou e apoiou o futebol brasileiro e alagoano durante a sua carreira, e sempre honrará. Apesar da derrota do Brasil contra a Bélgica, reiteramos total apoio a comissão técnica e jogadores que tentaram até o último minuto levar o jogo para a prorrogação e conquistar a classificação.

Lamentamos a notícia divulgada, principalmente com torcedores e familiares dos jogadores.