Foto: Thiago Davino/MinutoEsportes Af9baec2 5bda 498e 8ae9 6b0f36791061 Superintendente de futebol do CSA, Fabiano Melo

O CSA é o vice-líder da Série B e pode chegar a ponta da competição, se vencer o Fortaleza na próxima sexta-feira. Mas, para alçar vôos mais altos na segunda divisão, o time precisa manter um time forte e com opções e por isso, a direção se movimenta para reforçar o elenco após as saídas do atacante Michel Douglas e do volante Edinho.

Michel Douglas acertou com o Desportivo Aves de Portugal, enquanto Edinho vai defender o Ceará. Com as saídas, o técnico Marcelo Cabo perdeu dois atletas titulares e necessita de reposição.

A direção tem buscado no mercado nomes que se encaixem no perfil desejado, mas num momento complicado da temporada, tendo em vista que muitos atletas estão devidamente empregados.

No entanto, a busca não é aleatória. O CSA tem um foco no momento e a primeira contratação de reposição virá para suprir a vaga de Edinho no meio-de campo, como garante o superintendente de futebol do “Azulão”, Fabiano Melo.

“O CSA sempre está atento em reforçar o elenco e dar mais opções ao treinador. Mas temos de fazer isso de forma inteligente, não podemos queimar cartuchos. Então, nós estamos em busca de um volante para cobrir a vaga deixada”, afirmou.

A campanha de destaque do CSA tem chamado atenção de clubes do Brasil e do exterior. Além de Michel Douglas e Edinho que já saíram, outros dois atletas estão recebendo sondagens, o meia Didira e o atacante Niltinho.

O CSA volta a campo na próxima sexta-feira, às 21h30, diante do Fortaleza em jogo válido pela 16ª rodada da Série B e que vale a liderança da segunda divisão nacional.