Gilvan de Souza / Flamengo / Divulgação Cab1743b 48f8 49cc a039 3ed93c0316de

Apontados como favoritos ao título no começo do Brasileirão, Flamengo e Palmeiras fizeram uma partida muito movimentada na Ilha do Urubu. Com muita força ofensiva e muitos erros defensivos, os dois times ficaram no empate por 2 a 2 em um resultado que acabou não agradando nenhuma das equipes. No final da partida, o técnico Zé Ricardo foi hostilizado pela torcida rubro-negra, que pediu sua saída.

Pará e Guerrero fizeram os gols do Flamengo. Willian e Roger Guedes marcaram para o Palmeiras. Diego teve a chance de dar a vitória para os cariocas, mas perdeu um pênalti.

O Flamengo volta aos gramados pelo Brasileirão no próximo sábado. Em confronto na Ilha do Urubu, o Rubro-negro recebe o Coritiba. Já o Palmeiras vai até a Ilha do Retiro enfrentar o Sport, no domingo.

O JOGO

O primeiro tempo entre Flamengo e Palmeiras na Ilha teve vários cenários. Jogando em casa, o Rubro-negro saiu na frente e massacrou o rival nos primeiros minutos. Porém, a equipe paulista se acertou na partida e virou o placar. No fim, os cariocas empataram deixando um pouco antes do intervalo.

Com muita vontade, o Flamengo abriu o placar logo aos sete minutos. Guerrero achou bem Pará, que chegou primeiro que a defesa do Palmeiras. O lateral bateu forte, sem chances de defesa para o goleiro Jailson.

Mesmo com vantagem, os cariocas continuaram melhores na partida e tiveram boas chances de marcar mais gols. Porém, no primeiro lance de falha da defesa, Zé Roberto lançou Willian, que tocou por cima do Thiago e deixou tudo igual na Ilha.

O gol deixou o Flamengo desestabilizado na partida. Com mais espaços, o Palmeiras começou a gostar mais do jogo e conseguiu a virada. Roger Guedes foi lançado e finalizou sem chances de defesa para o goleiro Thiago.

Quando o Verdão parecia que levaria uma vantagem para o intervalo, o Flamengo conseguiu o empate. Thiago deu chutão, Luan se enrolou e permitiu que Guerrero ganhasse. O peruano ficou na cara do gol e finalizou forte, empatando a partida.

O segundo tempo começou em um ritmo menos acelerado. O Palmeiras acertou a marcação e teve as primeiras boas chances. Aos dez minutos, Boja soltou a bomba e obrigou Thiago a fazer boa defesa. No lance seguinte, Luan cabeceou e novamente apareceu o goleiro rubro-negro para salvar os donos da casa.

Aos 28 minutos, o Flamengo teve uma grande chance de voltar a ficar na frente. Michel Bastos derrubou Geuvânio dentro da área, pênalti. Na cobrança, Diego bateu e consagrou o goleiro Jaíson, que fez bela defesa, evitando o gol dos cariocas.

O jogo seguia aberto. Aos 35 minutos, Keno arrancou bem, passou pela defesa do Flamengo e cruzou, por pouco, Dudu não apareceu para completar. Nos acréscimos, Boja teve uma chance claríssima, mas Thiago fez bela defesa e salvou o Flamengo da derrota, no último lance da partida.