Foto: Espn 5c8d02e1 ba51 4ccc 9d40 ee5d2a9f33ed Ex-jogador Aloísio Chulapa

O mundo do futebol ganhou as manchetes através da possível transferência do atacante Neymar, do Barcelona para o PSG. Conhecedor do futebol francês, o alagoano Aloísio Chulapa comemora a possibilidade e aponta que time parisiense, Neymar pode se tornar o melhor do mundo.

Após sair do CRB, Chulapa passou por Flamengo, Guarani e posteriormente no Goiás onde se destacou e se transferiu para o Saint Etienne da França, onde atuou de 1999 a 2001 e no mesmo ano foi contratado pelo Paris Saint Germain, onde chegou a atuar com Ronaldinho Gaúcho.

Fã do futebol de Neymar e conhecedor do futebol francês, o alagoano comemorou a possibilidade do craque brasileiro mudar de clube. “Apesar dele ser ídolo no Barcelona, fico feliz com a possibilidade dele ir para o PSG. Vai estar atuando no maior clube da França, clube com grande estrutura e com grandes possibilidades de ganhar o prêmio de melhor do mundo”, disse.

Aloísio aponta que a vida de Neymar será muito difícil com a presença do argentino Lionel Messi e do uruguaio Luiz Suarez. “Acho mais difícil no Barcelona (ser melhor do mundo). Além do Messi, tem o Suarez também. Muitas vezes o Neymar faz toda a jogada e acaba servindo um dos dois. No Paris Saint Germain ele tem mais chances. No Barcelona jogam em função do Messi, no Real Madri jogam para o Cristiano Ronaldo e assim vai. Em Paris ele será o grande jogador, sem dúvida”, afirmou.

(Esq) Aloísio mostrando sua época de Saint Etienne e (dir) ao lado de Ronaldinho Gaúcho no PSG

O alagoano passou quatro anos morando na França e apontou que Neymar vai se sentir em casa, principalmente pela companhia dos outros brasileiros, como Thiago Silva, Marquinhos, Lucas, o recém chegado e amigo particular de Neymar, Daniel Alves e o brasileiro naturalizado italiano, Thiago Motta.

“Se ele for mesmo para a França, vai se sentir muito bem. Eles adoram os brasileiros, Paris é uma ótima cidade e lá ele vai ter a companhia de parceiros brasileiros. Vai se sentir em casa”, concluiu.

Enquanto os bastidores estão fervendo, o Barcelona nega que vai negociar o atacante, o Paris Saint Germain se movimenta para pagar a multa rescisória de 22 milhões de Euros, enquanto Neymar não se posicionou sobre o caso.