77ecba4b 7142 4e30 93ea 4af8b81bac62

Torcedores do Atlético-PR tentaram invadir setores da Arena da Baixada após a derrota de 2 a 0 para a Ponte Preta, na noite deste domingo. A Polícia Militar precisou reforçar a segurança dentro do estacionamento por onde alguns torcedores tentaram ter acesso ao estádio.

Segundo seguranças do clube, uma bomba foi lançada em uma das portas do estádio por onde os carros saíam. Não há nenhum registro de pessoas feridas. Os portões ficaram totalmente fechados por 20 minutos, entre 22h e 22h20, pouco mais de uma hora após o fim da partida.

Os policiais bloquearam a entrada principal do estacionamento, evitando também que os carros estacionados saíssem. Em seguida, ainda sob protestos do lado de fora, os veículos passaram a usar a saída da Avenida Getúlio Vargas, que comumente é utilizado apenas como área de serviço. Lá, seguranças relataram a explosão de uma bomba.

Na sequência, seguranças fecharam os dois portões da Arena da Baixada e pediram para que os veículos fossem desligados e os faróis, apagados - para não chamar atenção do lado de fora. Jornalistas e jogadores - como o atacante Ribamar, que concedeu entrevista coletiva, e o goleiro Weverton - precisaram esperar por 20 minutos.