D80adbcd e46b 4d1a 90a0 80697f9c7e48

Após sete anos, Hernanes voltou a treinar no gramado do CT da Barra Funda nesta terça. Cerca de duas horas e meia depois de ser apresentado oficialmente em coletiva de imprensa, o novo reforço do São Paulo trabalhou pela primeira vez com o grupo comandado por Dorival Júnior. Emprestado junto ao Hebei China Fortune por um ano, o meio-campista já tem a documentação regularizada e, se tiver condições físicas, pode fazer sua reestreia com a camisa tricolor no sábado, contra o Botafogo, no Rio.

No Brasil desde sexta, Hernanes, assim como todo o grupo em campo nessa terça, não foi tão exigido. Apenas os atletas que não atuaram na segunda, no empate com o Grêmio, foram a campo. O restante fez apenas o tradicional trabalho de recuperação do desgaste.

Durante a atividade, que contou com “dois toques”, testes físicos e um treino técnico em campo reduzido, Hernanes não mostrou qualquer restrição, mas ainda é cedo para avaliar a possibilidade do camisa 15 ser escalado no fim de semana.,

E se o profeta chamava a atenção das lentes no campo, de fora dele veio a notícia ruim para o torcedor são-paulino. Lucas Fernandes, apelidado de “profetinha” nas categorias de base pela semelhança de jogo e pela idolatria a Hernanes, foi diagnosticado com um estiramento leve no músculo posterior da coxa esquerda. O departamento médico do São Paulo prefere não estipular um prazo para o retorno do jovem meia, mas a tendência é de pelo menos duas semanas fora.

Lucas Fernandes sentiu a fisgada logo em sua primeira jogada contra o Grêmio, mas preferiu ficar em campo até o fim da partida e, inclusive, acabou elogiado por Dorival Júnior pela atitude. Lucas substituiu Gómez no intervalo do confronto e marcou o gol que garantiu o empate ao São Paulo.

Wellington Nem, que segue se recuperando de um trauma no ombro, apareceu no campo depois de trabalhar na área interna do CT, mas não se arriscou no treino com bola. Enquanto isso, Lucas Pratto deu as caras apenas para brincar com familiares no campo ao lado.