86fcee84 4600 410d 8439 a4a1c9dc6ee0

Em meio à negociação com o Paris Saint-Germain, o atacante Neymar cancelou sua participação em um evento marcado para a próxima segunda-feira, em Xangai, na China. Uma agência de viagens chinesa, a Ctrip, publicou nesta sexta-feira sua conta numa rede social uma explicação para o cancelamento do evento.

"O evento com Neymar, marcado para o dia 31 de julho em Xangai, está cancelado porque Neymar e seu estafe estão atualmente negociando uma transferência e não podem prometer sua presença na cidade. Por isso, cancelamos o evento", informou a Ctrip. A empresa prometeu ressarcir os fãs que compraram ingressos para ver Neymar no evento marcado para acontecer em um hotel na China.

O Barcelona tenta de todas as formas manter Neymar no time, mas o clube espanhol não estaria confiante a respeito da permanência do brasileiro. O atacante recebeu uma proposta tentadora do PSG nesta janela de transferências. O clube prometeu dobrar o seu salário, pagando 30 milhões de euros anuais (cerca de R$ 110 milhões), e ainda desembolsar o valor da multa de 222 milhões de euros (R$ 812 milhões) para tirá-lo da equipe catalã.

Para agravar a tensão interna no Barcelona, mais cedo nesta sexta, o brasileiro se desentendeu com o companheiro Nélson Semedo, recém-chegado como reforço contratado junto ao Benfica, durante um treino em Miami, onde clube realiza parte da sua pré-temporada.

Depois de ser agarrado pelo pescoço em uma jogada, o brasileiro partiu para cima do lateral português e teve de ser contido pelos demais atletas. Após o entrevero, o astro brasileiro jogou o colete de treino no chão e abandonou a atividade.