A30cad29 e733 470b bef8 0b652a32ad80 André Santos tem sido acionado sempre que Bruno Maia ou Plínio ficam fora (Foto: Hévilla Wanderley / GloboEsporte.com)

A delegação do Botafogo-PB embarcou na tarde desta sexta-feira para Maceió, onde no domingo o time enfrenta o CSA pela 12ª rodada da Série C do Campeonato Brasileiro. Na bagagem, o técnico Itamar Schülle leva a dúvida sobre quem escalar na zaga, na vaga de Bruno Maia, que está suspenso por conta do terceiro cartão amarelo. Como opções, o treinador tem André Santos e Jonas. Mas a definição sobre o substituto só deve acontecer momentos antes da partida, marcada para as 16h do domingo, no Rei Pelé.

Antes do embarque para a capital alagoana, o time treinou na Maravilha do Contorno no turno da manhã. Todos os atletas fizeram um trabalho físico e muscular na academia do centro de treinamento. Logo depois do almoço, a delegação alvinegra deixou a sede do clube em direção ao Aeroporto Internacional Castro Pinto, de onde pegou um voo para Maceió.

A comissão técnica alvinegra tem mais um trabalho previsto para a manhã deste sábado, já em solo alagoano. O local e o horário da atividade, no entanto, não foram informados pelo clube.

A caminho da capital alagoana, Schülle leva consigo duas opções e apenas uma vaga na zaga. Para substituir Bruno Maia, suspenso, o técnico botafoguense pode repetir o que vinha fazendo nos jogos anteriores e escalar o jovem André Santos, mas também tem a possibilidade de promover a estreia de Jonas, que chegou ao clube há duas semanas. Durante os treinos desta semana, os dois zagueiros falaram sobre a possibilidade de atuar ao lado de Plínio, mas sem dar pistas de quem deve ser o titular.

Outra opção da qual Schülle pode lançar mão - mas que acabaria por surpreender - é escalar o time com três zagueiros: Plínio, André Santos e Jonas. Nesse caso, atuaria no 3-5-2 (ou até no 3-4-3), com os laterais mais avançados ou até com meias jogando mais abertos. Mas a tendência parece ser mesmo que a única mexida seja na zaga, com André Santos ou Jonas na vaga de Bruno Maia, e os mesmos jogadores nas demais posições.

Assim, a provável escalação do Belo para encara o CSA no domingo é a seguinte: Michel Alves no gol, Lito na lateral direita, Plínio e André Santos ou Jonas na zaga e Alysson na lateral esquerda; Djavan e Magno como volantes; Marcinho e Cleyton como meias; e Dico e Rafael Oliveira no ataque.

As quatro derrotas nas últimas quatro rodadas - e a consequente saída do G-4 do Grupo A - aumentaram a pressão no Botafogo-PB e a necessidade de voltar a vencer para se recuperar na tabela de classificação. Vale lembrar que o CSA ainda não perdeu na competição jogando no Rei Pelé, mas vem de dois empates seguidos em casa. Além disso, a única derrota do Azulão nesta Série C foi justamente para o Belo: 2 a 0, no Almeidão, pela terceira rodada.