Vitor Silva/SSPress/Botafogo Cd5d7eec e724 4e14 960e 166145669cbe

Chegou ao fim a passagem de Montillo pelo Botafogo. O meia esteve reunido na tarde desta quarta-feira com dirigentes e médicos do clube, e acertou a rescisão amigável do contrato com o Glorioso. Abalado pela série de lesões que lhe impede de ter sequência pelo Alvinegro, foi o próprio jogador quem pediu o encontro, por não estar conseguindo corresponder às expectativas de quem chegou para ser a estrela da equipe. O clube aceitou.

O encontro foi na sede de General Severiano, e o argentino já chegou com cara de poucos amigos. Ele já tem estado abalado nos últimos tempos. O estopim para ele foi a partida da última segunda-feira, contra o Avaí, quando voltou a sentir a panturrilha direita. Foi o quinto problema físico do atleta, que tinha um dos maiores salários do elenco. 

De acordo com apuração do LANCE!, no início das negociações o presidente do clube, Carlos Eduardo Pereira, não era favorável à contratação de Montillo, que estava há três temporadas na China. O gerente de futebol Antônio Lopes, por outro lado, era grande entusiasta da ideia de trazer o jogador, assim como o vice-presidente de futebol, Cacá Azeredo, e o técnico Jair Ventura. 

A notícia da opção de Montillo por rescindir, e da expectativa em cima disso foi publicada na noite desta terça-feira, pelo LANCE!. O atleta já se despediu dos companheiros e vai tentar se recuperar fisicamente até o final do ano. Esta foi a quinta lesão do argentino nesta temporada.