C17e679c 13ba 405d 8848 cf6448a56579

Daniel Alves mostrou suas credenciais em sua primeira partida oficial com a camisa do Paris Saint-Germain, neste sábado. Pela Supercopa da França, partida entre o campeão francês e o vencedor da Copa da França da última temporada, o lateral direito comandou a virada do time da capital, que saiu atrás diante do Monaco. O brasileiro decretou o empate com um gol de falta e garantiu a vitória por 2 a 1, após ceder assistência para o tento do volante Rabiot. O gol monegasco foi anotado pelo lateral direito Sidibé.

A Supercopa é responsável por abrir a temporada do futebol francês e garante o primeiro título ao vencedor. Muito equilibrado, o confronto deste final de semana, realizado no Marrocos, foi dominado pela equipe do principado na primeira etapa, mas teve Dani Alves como protagonista decisivo no segundo tempo.

As primeiras grandes chances do duelo vieram dos pés do PSG, que parou nas mãos do goleiro Daniel Subasic. Sem conseguirem marcar, os parisienses ainda viram o volante belga Youri Tielemans dar lindo passe para Djibril Sidibé, que mostrou muita categoria para mandar por cima de Kevin Trapp.

Após o final da primeira etapa, a equipe comandada pelo espanhol Unai Emery continuou com os bons ataques de lado de campo, orquestrados pelo meia-atacante Lucas Moura, ex-São Paulo, mas só conseguiu causar perigo aos atuais campeões franceses, quando Dani Alves resolveu entrar em ação.

Aos seis minutos, o ex-jogador da Juventus, recém-contratado pelo parisiense, foi para uma cobrança de falta de muito longe e surpreendeu. O defensor resolveu arriscar e colocou a bola no canto direito de Subasic, que só pôde olhar.

Já aos 28, Dani Alves relembrou os tempos em que atuava com Lionel Messi no Barcelona e deu uma de garçom. O lateral disparou pelo lado direito e mandou para o meio da área. Rabiot subiu mais alto que todo mundo e testou com firmeza para decretar a virada.