Bf1eeabe b912 4f9f 8b61 3f3348e4d558 Léo Goiano ficou aguardando os jogadores no gramado (Foto: Fábio Costa/O Liberal)

Os jogadores do Remo se recusaram a participar do treinamento na tarde desta terça-feira, dia 8. Conforme programação prévia repassada pela assessoria de imprensa, a atividade estava confirmada para 16h30, o técnico Léo Goiano chegou a se deslocar para o gramado junto com a comissão técnica, mas retornou aos vestiários em seguida.

Antes da movimentação, no entanto, aconteceu a coletiva de imprensa com Vinicius e João Paulo. O volante explicou sobre a importância de vencer fora de casa o compromisso contra o CSA e em nenhum momento comentou a possibilidade da paralisação, ou seja, a decisão pode ter sido tomada após a entrevista com os jornalistas.

Informações de bastidores dão conta de que os jogadores só voltarão a treinar após o pagamento de pelo menos parte dos atrasados, que chegam a dois meses. Segundo apurou a reportagem, existem funcionários com mais tempo sem receber. O Remo ainda não se posicionou oficialmente sobre o episodio. A viagem para Alagoas está programada para quinta-feira.

Nesta quarta-feira, também não se tem confirmação se haverá a atividade programada para o período da tarde, também no Estádio do Baenão. O Remo enfrenta o líder CSA no próximo sábado, dia 12, no Estádio Rei Pelé, em Maceió, em jogo válido pela 14º rodada da Série C do Campeonato Brasileiro.