F3641d97 6715 42cc 8666 f076223d4693 Clebel Cordeiro garante que está fora do futebol (Foto: Amanda Franco )

A decisão do árbitro Wilton Pereira Sampaio em anular o gol marcado pelo Salgueiro na final do Campeonato Pernambucano contra o Sport, após consultar a arbitragem de vídeo, revoltou jogadores e dirigentes do Carcará. Responsável pela profissionalização do clube, ex-presidente e atual presidente de honra do tricolor do sertão, Clebel Cordeiro disse que a partida decretou o fim da sua carreira no futebol e que, se depender dele, o Carcará está fora da Série C do Brasileiro.

– Veja bem, eu tomei a decisão e estou fora do futebol. Não participo mais do futebol. E, por mim, o Salgueiro está fora da Série C. Mas eu não sou o presidente, o presidente chama-se Zé Guilherme. Mas, eu, a partir de agora, estou fora do futebol pelo resto da vida – garante Clebel.

Clebel Cordeio criticou a organização do Campeonato Pernambucano e lamentou o desfecho da competição. O Sport venceu por 1 a 0 e saiu do estádio Cornélio de Barros com o seu 41º título estadual.

O lance que causou a reação do presidente de honra do Salgueiro aconteceu aos 25 minutos do segundo tempo, quando a partida estava empatada em 0 a 0. Após cobrança de escanteio, Álvaro balançou as redes de Magrão. O assistente Emerson Augusto de Carvalho viu irregularidade no início da jogada. Para ele, a bola ultrapassou a linha de fundo logo após a cobrança do time sertanejo.

A anulação gerou indignação por parte dos jogadores do Salgueiro e uma tensão extra, que durou por volta de cinco minutos até ser dada a opinião do árbitro de vídeo, Péricles Bassols. Segundo ele, após analisar as imagens, ficou caracterizada a saída da bola pela linha de fundo. E o gol foi invalidado, com o consentimento do árbitro da partida, Wilton Pereira Sampaio.