74052c06 87dd 490f baa3 b8fd757b16fb Arana pode deixar o Corinthians nesta janela de transferências (Foto: Ag. Corinthians)

O lateral-esquerdo Guilherme Arana é o jogador do Corinthians mais comentado dentre os que podem ser negociados nesta janela de transferências. Experiente e com passagem pelo futebol europeu, o lateral-direito Fagner prefere não dar conselho ao companheiro sobre o futuro. Entretanto, acredita que ele está pronto para brilhar fora do País.

Fagner deixou o Corinthians com apenas 18 anos e foi jogar no PSV, da Holanda. No entanto, acredita que a situação é diferente da de Arana atualmente. "Fomos formados pelo clube, mas eu joguei muito pouco no profissional. Fiz apenas sete jogos e o Arana já vem com mais bagagem, pois está desde 2014 nos profissionais e, neste ano, se firmou como grande jogador. Esse ano de profissional deu para ele uma experiência que permite chegar em qualquer clube europeu", disse o lateral-direito.

Arana é cotado em diversos clubes. Recentemente, o Bayer Leverkusen, da Alemanha, também mostrou interesse no jogador e uma proposta pode ser feita nos próximos dias. Fagner prefere não opinar se o companheiro deveria partir neste momento. "Difícil falar sobre isso. Tem que ver o que é melhor para o clube e para o jogador. A gente espera que aconteça o que for melhor para todos", declarou.

Fagner já disse algumas vezes que se arrepende de ter saído do Corinthians tão jovem. Mesmo assim, entende que não vale a pena aconselhar Arana a continuar no clube, já que o momento é diferente. "Meu contrato estava acabando e eu tinha jogado pouco. No caso deles é bem diferente."

Diante do Patriotas, na quarta-feira, pela Copa Sul-Americana, Fagner completou 200 jogos com a camisa alvinegra. Foram sete na primeira passagem e mais 193 nesta atual. Sem pestanejar, o lateral escolheu qual foi a partida mais importante de todas que fez pelo clube.

"A primeira, pois foi onde tudo começou. Eu tinha apenas 17 anos e estava realizando o sonho de jogar no profissional. Era um momento difícil no clube e tive minha oportunidade", recordou. Sua estreia foi no dia 1 de novembro de 2006, na partida em que o Corinthians goleou o Fortaleza por 4 a 0, no Castelão, pelo Campeonato Brasileiro.