Superintendente da SMTT diz que Sindicato dos Mototaxistas não está legalizado

  • Redação
  • 29/04/2011 13:49
  • Cidade
Ascom Arapiraca
Severino Lúcio

O impasse entre a Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito de Arapiraca e o Sindicato dos Mototaxistas de Alagoas parece não ter fim. Na tarde desta sexta-feira (29), durante o programa Show da Cidade, da Rádio Novo Nordeste, o superintendente Severino Lúcio e um dos dirigentes do sindicato, Marcelo Coiote, discutiram sobre o reajuste realizado pela categoria nas corridas em Arapiraca.

O primeiro a falar foi o superintendente Severino Lúcio. De acordo com ele, a tabela de preços não foi regulamentada pelo SMTT uma vez que não existe nenhum documento que prove a legalização do sindicato. O ex vice-prefeito ainda explicou o porquê do não ingresso de um representante da categoria no Conselho Municipal de Trânsito.

“Atualmente, possuímos 670 mototaxistas. A categoria está dividida. Enquanto alguns dizem que o Marcondes é o presidente, o vereador Tarciso Freire (PMDB) informou que existe outro presidente. Para se fazer presente no conselho tem que ser alguém que represente de forma legal, eleito pela maioria, através de Assembleia Geral”, contou.

Durante sua fala, o diretor do sindicato, Marcelo Coiote, disse que foi feito um abaixo assinado e que o mesmo contava com 348 assinaturas (mais da metade). “Entregamos o documento na prefeitura. Contamos com a maioria dos mototaxistas. Esperamos que a SMTT aceite oficialmente o nosso pedido e o Marcondes seja nosso representante”, destacou.