Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

A convocação de Diego Tardelli para os dois últimos jogos da Seleção Brasileira nas Eliminatórias da Copa do Mundo surpreendeu muita gente. Porém, para quem acompanha de perto o desempenho do atacante, Tite acertou ao chamar o jogador pela primeira vez.

Comentarista do Campeonato Chinês no Bandsports, o jornalista Fábio Piperno destacou que o jogador vive grande fase no Shandong Luneng e tem como ponto forte a versatilidade.

"Ele chegou no ano passado e no início teve problemas com o treinador, mas agora voltou a jogar. Está muito bem, em ascensão. O time depende dele. Joga como segundo atacante, se movimenta, organiza jogadas, é experiente. É fundamental para o que o Graziano Pellè funcione", afirmou.

"Essa versatilidade é o diferencial. Não é só um jogador de lado de campo. Ele pode passar a brigar pela vaga do Taison, que desta vez não foi chamado. Pode brigar também pelo lugar do Firmino", completou.

Apesar de aprovar a chance dada a Tardelli, Piperno acredita que outro brasileiro de destaque no futebol chinês também merecia ser lembrado: Ricardo Goulart.

"O Goulart é um jogador que tem mais prestígio que o Tardelli na China. Chegou antes, já foi melhor jogador do campeonato, artilheiro. É um jogador que construiu uma carreira importante na Ásia", analisou.

Já classificado para a Copa, o Brasil fecha a participação nas Eliminatórias no dia de 5 de outubro, contra a Bolívia, em La Paz, e depois encara o Chile, dia 10 no Allianz Parque.