Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Antônio Carlos Zago, técnico do Fortaleza (Foto: JL Rosa/Agência Diário)

Antônio Carlos Zago é um personagem fundamental na arrancada do Fortaleza rumo ao acesso à Série B. Chegou em um período de cobranças, classificou para o mata-mata e, no último sábado, assistiu ao time vencer o Tupi-MG por 2 a 0, na Arena Castelão. Para ele, um dos métodos é o diálogo com o elenco, com a direção, com os funcionários.

- Conseguimos fazer a vantagem. Claro que vamos jogar por um gol fora em casa também. Vamos trabalhar com tranquilidade. Muitos anos que o clube não vai à Série B. E vamos trabalhar para isso - afirma.

Com o resultado, o Fortaleza pode perder por um gol de diferença no jogo da volta. Se fizer um gol em Juiz de Fora, o Leão pode até ser derrotado por dois gols de diferença. o Galo precisa vencer por três de vantagem. Se bater o adversário por 2 a 0, a decisão vai para as penalidades. As equipes se enfrentam sábado, às 20h30.