Ricardo Oliveira marcou o único gol da partida (Foto: Alê Cabral/Estadão Conteúdo)

Em um Allianz Parque com gramado pesado por causa da chuva, o gol de Ricardo Oliveira definiu a vitória do Santos sobre o Palmeiras por 1 a 0, em duelo válido pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro. De cabeça, o centroavante marcou aos 30 minutos do segundo e garantiu os três pontos ao Peixe.

Após a partida, Ricardo Oliveira negou que tenha um gosto especial marcar no Palmeiras.

“Sabor especial é de poder fazer gol e ajudar meu time. De poder vir aqui com a dificuldade, chuva, adversário qualificado, e vencer, esse é o saber especial. Fizemos um grande jogo dentro da dificuldade que iríamos enfrentar”, afirmou à Rádio Bandeirantes.

Antes de marcar, no final do primeiro tempo, Ricardo Oliveira quase fez gol, mas parou em Fernando Prass. Após o lance, ele cumprimentou o goleiro. E falou disso.

“Dentro do campo a gente reconhece o trabalho de cada um. De fato foi espontâneo cumprimentar ele porque foi uma defesa maravilhosa. O Fernando não precisa de elogios, o que ele faz há muito tempo respalda o profissional que ele é”, elogiou o atacante.