Condenado por estupro na Itália, Robinho faz Santos perder patrocínio

  • Ig
  • 15/10/2020 07:36
  • Futebol
Divulgação

A rede de franquias da área de ortodontia estética, Orthopride , decidiu romper o contrato que tinha com o Santos , até fevereiro de 2021, por conta da contratação do atacante Robinho , que foi condenado por estupro na Itália .

A marca era exibida dentro dos números da camisa do Santos.

"Nós temos enorme respeito pela história do Santos. Mas neste momento decidimos pelo rompimento do contrato de patrocínio. Nosso público é majoritariamente feminino e, em respeito às mulheres que consomem nossos produtos, tivemos que tomar essa decisão. Queremos deixar claro que não fomos informados previamente sobre a contratação do Robinho, fomos pegos de surpresa pela imprensa no fim de semana", afirmou Richard Adam, diretor de operações da empresa, ao Globo Esporte.com

robinho assinou um contrato de cinco meses com o Santos, porém, muitos são contrários a essa contratação, já que, em novembro de 2017, uma corte em Milão, na Itália, o condenou a nove anos de prisão pelo crime de estupro de uma mulher, com outros cinco homens. Ainda cabe recurso.

Recentemente, o presidente do Santos, Orlando Rollo, afirmou que as críticas à contratação eram "dor de cotovelo" de torcedores rivais. Afirmou ainda que Robinho "não tem condenação com trânsito em julgado".

Em nota, os advogados do jogador alegam que o jogador é inocente e não foi condenado. "De acordo com a Ordem Constitucional Italiana, Robinho deve ser considerado inocente, com base no artigo 27 da Carta Constitucional da República Italiana, segundo o qual o acusado não é considerado culpado até a sentença final (e isso somente se a condenação é confirmada pelo Supremo Tribunal de Cassação, que julga após o Tribunal de Recurso)", diz a nota.