Muriel brilha, Fluminense empata com líder Atlético-MG e segue na zona da Libertadores

  • ExtraOnline
  • 15/10/2020 07:25
  • Futebol
WASHINGTON ALVES / REUTERS
Brasileiro Championship - Atletico Mineiro v Fluminense

Dois tempos distintos definiram o resultado. No primeiro, vimos um Fluminense intenso, inteligente e que não deixou em nada a desejar para o líder do Brasileiro. Já no segundo foi completamente dominado pelo Atlético-MG e só não foi goleado por causa de Muriel. Para muitos, o empate em 1 a 1 nesta quarta-feira, no Mineirão, pode ser um bom resultado devido aos desfalques. Mas também deixa a sensação de que a volta para o Rio poderia ter três pontos na bagagem.

Para explicar, muito passa pelas ideias de Odair Hellmann. Sem os poupados Nenê e Fred, a escolha foi por uma trinca de volantes para atrapalhar as transições ofensivas do Atlético-MG. Também optou por ter dois pontas abertos para impedir que os bons laterais Guga e Guilherme Arana subissem ao ataque como de costume. Foi assim, por 45 minutos, que Jorge Sampaoli foi travado pelo técnico tricolor.

Tudo que Odair pensou, funcionou. Até mesmo quando Fernando Pacheco se lesionou no primeiro lance, em contra-ataque que o deixaria na cara do gol, a substituição deu certo. Caio Paulista entrou e precisou de poucos minutos para acertar um lindo chute de fora da área, um golaço que seria o primeiro de sua carreira como profissional.

Antes, Felippe Cardoso teve um tento anulado por impedimento— Hudson estava em posição irregular. Foi a primeira vez que o Atlético-MG, como mandante, não finalizou ao gol durante o primeiro tempo.

Mas era óbvio que a postura do Atlético-MG mudaria. Sampaoli colocou Marrony para ter presença de área e recuou Jair para liberar os laterais. Aliado ao cansaço dos atletas do Fluminense, conseguiu dominar a partida.

Não demorou para Arana acertar outro belo chute de fora da área, conseguir o empate e fazer a virada parecer questão de tempo. Felizmente, só pareceu. Apesar da pressão, Muriel fez quatro grandes defesas — daquelas para ver, rever e aplaudir — que salvaram o Tricolor e garantiram o empate.