Foto: Gustavo Henrique/RCortez/Ascom CSA Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Marcelo Cabo é apresentado oficialmente no CSA.

O CSA apresentou oficialmente na tarde desta segunda-feira (19) o treinador Marcelo Cabo. Aos 51 anos, o novo comandante azulino chega para assumir o trabalho deixado por Flávio Araújo, que não se firmou no cargo mesmo após conquistar o Campeonato Brasileiro da Série C em 2017.

Marcelo Cabo já trabalha com o elenco azulino e terá contra o Salgueiro, pela Copa do Nordeste, o seu primeiro jogo a frente do time azulino. A partida será realizada nesta quarta-feira (21), às 19h00, no Estádio Rei Pelé, em Maceió.

O novo treinador tem no seu currículo um título de campeão Brasileiro da Série B pelo Atlético-GO conquistado em 2016. Também acumula passagens por clubes como Ceará, Figueirense, Guarani e estava realizando seu trabalho no Resende-RJ antes do acerto com o CSA.

Cabo esteve no Rei Pelé neste domingo e assistiu a goleada do time marujo sobre o Dimensão Saúde, por 5 a 0, pelo Campeonato Alagoanoo. Ele chega ao CSA acompanhado do preparador físico Leonardo Cupertino e dos auxiliares Gabriel Cabo e Rodolfo Oliveira.

Marcelo Cabo e sua comissão técnica são apresentados. (Foto: Gustavo Henrique/RCortez/Ascom CSA)

 

O treinador falou com a imprensa em coletiva realizada no CT Gustavo Paiva, no Mutange. Cabo projetou conquistar títulos importantes ao comando do Azulão: "Quero deixar bem claro que todo treinador tem que fazer a sua nova história. Não posso ficar agarrado ao meu título nacional de 2016. Venho aqui para superar aquela marca. Não posso ficar agarrado ao título de 2016. A nova história do treinador é mais importante. Claro que é louvável para o meu currículo o que eu conquistei no Atlético-GO. Título de Série B que fiquei 37 rodadas no G-4, fui campeão com 10 pontos na frente do segundo. Mas todo profissional quer bater sua própria marca. Vim para o CSA para ter grandes conquistas", disse ele.