Foto: Ascom-Selaj Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Estádio Rei Pelé

O pleno do Tribunal de Justiça de Alagoas (TJ/AL) declarou, nesta terça-feira (20), a inconstitucionalidade da Lei Municipal nº 6.696/2017, que autorizava a venda de bebidas alcoólicas em estádios de futebol e outras arenas esportivas de Maceió.

Segundo a assessoria de comunicação do TJ, o voto da relatora, desembargadora Elisabeth Carvalho, foi acompanhado por unanimidade pelo pleno. 

Ano passado, o prefeito Rui Palmeiro vetou o projeto de lei – de autoria do vereador Silvânio Barbosa - que liberava a venda de bebidas alcoólicas no estádio. Entretanto, a lei foi promulgada na Câmara de Veradores.

O Ministério Público Estadual (MPE/AL) ingressou com uma Ação Direta de Inconstitucionalidade e disse que acreditava que o consumo das bebidas poderia resultar em brigas e até mesmo mortes nos estádio.

Leia Mais: Câmara sanciona lei que libera bebida nos estádios de Maceió.