Thiago Davino - Minuto Esportes Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true CSA

Em um jogo movimentado, com chances de gol para ambos os lados, o CSA acabou empatando em 1 a 1 com o Ceará, na noite desta terça-feira (20) no Estádio Rei Pelé. Com o resultado, o time alagoano está eliminado da Copa do Nordeste.

Fora da próxima fase da competição regional, o CSA terá de direcionar as suas atenções para a semifinal do Campeonato Alagoano, quando terá de reverter uma vantagem de um gol do ASA, que jogará pelo empate.

O JOGO

A partida começou comas duas equipes em velocidade, buscando chegar a área adversária. Porém, o Ceará aproveitou uma brecha deixada pelo CSA e emplacou um contra-ataque que quase resultou em gol de Felipe Azevedo, que mandou perto do gol de Cajuru.

O jogo era movimentado. O Ceará voltou a chegar, dessa vez com Arthur que chegou a levantar a sua pequena torcida no Rei Pelé. Minutos depois foi a vez do CSA chegar pela primeira vez, com Michel Douglas, que ganhou em dividida com a defesa do time cearense e mandou para fora.

CSA e Ceará seguiram buscando o gol até o final da primeira etapa, que acabou empatada sem gols no Estádio Rei Pelé. O resultado eliminava o CSA da competição regional.

Veio o segundo tempo, o que se viu foi um CSA agressivo, já que precisava do resultado. Primeiro, Didira arriscou e parou no goleiro Everson, que viria a salvar o “vovô” minutos depois. Daniel Costa bateu, o goleiro adversário espalmou e Josimar mandou de cabeça para fora.

O Ceará porém, quando chegou, abriu o placar. Aos 10 minutos, Pio cruzou na área azulina e encontrou Arthur, que emendou para as redes, calando o Rei Pelé.

A torcida do CSA já mostrava impaciência e com o gol, a situação piorou. Mas os ânimos azulinos mudariam rapidamente. Aos 12 minutos, o CSA chegou ao ataque e ganhou escanteio. Após bola levantada na área, Leandro Souza desviou para as redes.

Depois do gol de empate azulino a partida caiu em ritmo e emoção. Isso porque, os treinadores Marcelo Cabo do CSA e Marcelo Chamusca do Ceará, passaram a fazer alterações, que mudaram a configuração do jogo.

Nos minutos finais do jogo, o CSA já atacava na base do abafa, desorganizado e tinha dificuldades para criar chances reais. O Ceará por sua vez, chegou com perigo, primeiro com Ernandes e depois com Andrigo.

Aos 49 minutos, jogo encerrado no Rei Pelé. Com o placar de 1 a 1, o CSA está eliminado e o Ceará garante assim a sua classificação no Grupo D da Copa do Nordeste.