Foto: Douglas Araújo Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

O CRB estava praticamente classificado e precisava apenas de um empate para se garantir na próxima fase da Copa do Nordeste. Mas, na noite desta quarta-feira (28) o “Galo” recebeu o já eliminado Treze da Paraíba e venceu por 2 a 1.

Com o resultado, o time regatiano terminou em segundo no Grupo A da competição regional, com 11 pontos, atrás do Santa Cruz, que terminou a fase de classificação com 12 pontos ganhos.

Agora, o time regatiano concentra todas as suas atenções na decisão do Campeonato Alagoano. No próximo domingo, às 16h00, o time alvirrubro enfrenta o CSA no primeiro jogo decisivo do estadual.

O JOGO

A bola havia acabado de rolar e o CRB foi ao ataque e consegui alta próxima da área. Edson Ratinho foi para a bola, bateu forte, contou com a sorte e a redonda desviou na barreira, enganando o goleiro Copetti e balançando as redes.

O “Galo” estava na frente do placar com apenas um minuto de jogo. A torcida do CRB que ainda chegava ao Rei Pelé, imaginava que o time regatiano iria deslanchar no jogo, já que enfrentava um Treze desfalcado e que só cumpria tabela.

Foto: Douglas Araújo

 

Porém, o restante do primeiro tempo foi de muito equilíbrio. O CRB encontrava um time paraibano mais fechado e assim, não se arriscava ao ataque. Com isso, a etapa foi encerrada com vitória parcial do time alagoano por 1 a 0.

Veio o segundo tempo e o que se via era um CRB acomodado em campo, sem atacar e pressionar o time visitante. O Treze porém, se arriscava nos contra-golpes, mas foi em uma jogada que parecia sem perigo, que conseguiu empatar o jogo.

Aos 22 minutos, bola lançada na área do CRB, a defesa regatiana não cortou e a bola sobrou para Tibério, que dominou e tocou bonito na saída do goleiro João Carlos. Tudo empatado no “Trapichão”.

Jogo truncado, marcado por substituições, faltas e cartões no segundo tempo. O CRB resolveu acordar e ir para cima do Treze. Assim, o time alvirrubro chegou ao segundo gol. Aos 31 minutos, Edson Ratinho levantou na área e encontrou Flávio Boaventura, que desviou para o fundo do gol. 2 a 1.

Na reta final do jogo, o CRB administrava o resultado e ainda sim, teve tempo de assustar. Bola na área e Ruan mandou de cabeça na trave. Os últimos minutos porém, foram sem emoções. Final de jogo, CRB 2 x 1 Treze.