Thiago Davino - Minuto Esportes Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true CSA

A boa fase do meia Didira na temporada estaria atraindo interesse de clubes do Brasil e até do exterior. Porém, a direção do CSA negou que tenha recebido propostas e garantiu o atleta até o final do contrato.

Em contato com o superintendente de futebol do CSA, Fabiano Melo, o dirigente deixou claro que não existe negociação com o atleta. “Não recebemos nenhuma proposta, o empresário jogador (Leonardo Casula) também não. Então o que interessa para o clube é que ele tem contrato até o final do ano. Caso alguém queira levar o jogador, terá de pagar a multa rescisória, mas isso não aconteceu”, explicou.

Didira tem sido um dos principais jogadores do CSA durante a temporada, tendo marcado um dos gols que valeu o título do Campeonato Alagoano, além de ser destaque neste início de Brasileiro da Série B.

O atleta de 29 anos surgiu no Universal, time do interior Alagoano, chegou ao ASA onde se projetou, chegou ao Atlético Mineiro, retornou ao clube de Arapiraca, passou por ABC, até chegar ao CSA em 2016.